Após sobreviver a atentados em Dallas e Nice, cristã declara: "Sou grata ao Senhor"

Kristen Crouch mora em Dallas, local do primeiro ataque do qual ela foi salva, mas estava em Nice (França), para o casamento de um amigo. O atentado aconteceu na frente do hotel onde ela estava hospedada.

fonte: Guiame, com informações da CNN

Atualizado: Quarta-feira, 20 Julho de 2016 as 11:27

Kristen Crouch, disse em uma entrevista para uma TV de Dallas que ela confundiu os tiros com os fogos. (Foto: Reprodução).
Kristen Crouch, disse em uma entrevista para uma TV de Dallas que ela confundiu os tiros com os fogos. (Foto: Reprodução).

Kristen Crouch, uma mulher que foi salva de dois atentados em apenas uma semana rende graças a Deus por estar bem e segura. Ela reside em Dallas (Estados Unidos), mas estava em Nice (França) para o casamento de um amigo. A jovem contou ao “New York Times” que era a segunda vez em uma semana que ela tinha sido salva de um ataque de alto calão.

O primeiro livramento aconteceu em Dallas, quando cinco policiais foram baleados e mortos em uma emboscada durante uma marcha pacífica onde militantes protestavam contra os disparos fatais que causaram a morte de civis negros pela polícia.

Já o segundo aconteceu em Nice, exatamente na frente do hotel onde Kristen estava hospedada, local onde mais de 84 pessoas foram mortas, num ataque terrorista. Um caminhão se chocou com uma grande multidão que assistia fogos de artifício por causa do “Dia da Bastilha”.

Kristen Crouch, disse em uma entrevista para uma TV de Dallas que ela confundiu os tiros com os fogos. "Nós não devemos viver num mundo assim", disse. "Eu ouvi dois disparos e pensei que eram fogos de artifício e, em seguida comecei a ver todas aquelas pessoas correndo na direção oposta, falando em francês e gritando", relembrou.

Como ela e seu grupo começaram a perceber que dezenas de pessoas haviam sido mortas, eles se esconderam em um apartamento nas proximidades. No caminho de volta para o hotel, eles viram ambulâncias, carros de polícia e policiais verificando quem estava vivo nas ruas. "Nós rapidamente voltamos para o hotel e trancamos a porta", disse Crouch.

Depois de ter visto o que aconteceu em Dallas e de passar por este ataque em Nice, a jovem disse que está aliviada por estar segura. "É muito surreal. Acho que estamos todos em estado de choque", ela disse. “Éramos cinco e estávamos assistindo a CNN vendo como o número de mortos subia. Mal podemos acreditar que isso aconteceu bem na frente do nosso hotel. Estamos tão gratos ao Senhor por estarmos todos bem", agradeceu.

veja também