Após sofrer perseguição, deputada cristã desabafa: "Sofri calada, pedi minha igreja para orar"

Ativistas tentaram "tirar do ar" a página da deputada após ela defender um projeto de lei que prevê multas a manifestações que promovam a "satirização, ridicularização ou toda e qualquer forma de menosprezar dogmas e crenças".

fonte: Guiame, com informações do Jornal O POVO

Atualizado: Terça-feira, 12 Julho de 2016 as 5:05

Segundo a deputada, existe uma confusão entre os assuntos. (Foto: Reprodução).
Segundo a deputada, existe uma confusão entre os assuntos. (Foto: Reprodução).

Após o recesso de julho na Assembleia Lesgislativa, a deputada estadual Dra. Silvana (PMDB) deverá organizar um seminário sobre as “diferenças entre Estado laico e laicista”. De acordo com a parlamentar que também é pastora evangélica, a ideia veio depois que ela começou a sofrer uma onda de ataques a sua pessoa por causa de seus posicionamentos cristãos na Assembleia.

Silvana declara que vem sofrendo “ataques cruéis pela internet”. Isso devido ao fato de que pessoas tem trabalhado “de forma orquestrada até para derrubar minha página no Facebook”, relatou. “Tentaram até derrubar minha página no Facebook. Sofri calada. Pedi minha igreja para orar”, disse.

O Portal Guiame havia noticiado anteriormente que ativistas da classe militante LGBT tentaram "tirar do ar" a página da deputada após ela defender um projeto de lei que prevê multas e a possível impossibilidade de realizar manifestações que promovam a "satirização, ridicularização e /ou toda e qualquer outra forma de menosprezar ou vilipendiar dogmas e crenças de toda e qualquer religião”.

Tal tentativa iniciou após um debate promovido pelo programa Rádio Debate, da rádio Universitária FM no dia 29 de junho. Na ocasião, a deputada dialogou frente a frente com Ari Areia, ator do monólogo “Histórias Compartilhadas” onde ele derrama seu sangue sobre a imagem de Jesus crucificado, além de expor o símbolo religioso com cenas de sexo no mesmo cenário.

Tal tentativa iniciou A iniciativa foi tomada após um debate promovido pelo programa Rádio Debate, da rádio Universitária FM no dia 29 de junho. (Foto: Reprodução).

Laico ou laicista?

Segundo a deputada, existe uma confusão entre os assuntos. “As pessoas confundem intolerância religiosa ou mistura de religião com política, quando na realidade apenas não sabem que Estado Democrático a gente vive. Não vivemos em um Estado laicista, mas laico”, ressalta a parlamentar.

Um dos convidados para discutir sobre o assunto é o professor de Direito da UFC, Glauco Barreira.

De acordo com a deputada, o evento está em fase de construção e deve “esclarecer dúvidas” e sobre a diferença entre princípios do Estado laico, que rejeita influência da igreja em esfera pública e do Estado laicista, que tem o interesse em impedir a livre manifestação religiosa.

veja também