Ateu faz doação para ser “reconhecido” por orfanato cristão, mas é surpreendido

Representando a "Comunidade Ateísta de Muskogee", Matt Wilbourn fez a doação de 100 dólares pedindo que a ação fosse reconhecida em honra aos ateus.

fonte: Guiame, com informações do site Christian Examiner

Atualizado: Quinta-feira, 25 Agosto de 2016 as 1:42

A organização disse que espera que os doadores sejam "respeitosos para com os princípios bíblicos da Fundação". (Foto: Reprodução).
A organização disse que espera que os doadores sejam "respeitosos para com os princípios bíblicos da Fundação". (Foto: Reprodução).

Um lar para crianças indianas fundado por um missionário batista, em Muskogee, Oklahoma (EUA), logo após a Guerra Civil, tomou uma posição para honrar seu compromisso com Deus. De acordo com um comunicado de imprensa emitido pela casa, eles não aceitaram uma grande doação de um grupo de ateus. O motivo foi o fato dos ateus pedirem que a doação fosse reconhecida como enviada "em honra da Comunidade Ateísta de Muskogee".

O comunicado de imprensa disse que a casa foi fundada sobre princípios bíblicos que "incluem acreditar e confiar na Trindade: Deus Pai, Jesus, o Filho, e o Espírito Santo".

"Para aceitar o dinheiro, a instituição teria de anunciar a doação como ‘em honra da Comunidade Ateia de Muskogee' e isso seria contrário aos princípios bíblicos sobre os quais estamos baseados. Nós somos cristãos, cremos em Deus, Jesus e no Espírito Santo", diz o comunicado.

Na última segunda-feira (22), Matt e Keli Wilbourn - membros da Comunidade Ateia de Muskogee - fizeram a doação de 100 dólares para a casa das crianças. Dentro de uma hora, a doação foi devolvida por causa do pedido de que a doação fosse em honra dos ateus.

Depois, Wilbourn levantou a doação de 250 dólares, mas a casa das crianças também não aceitou a doação que honraria a comunidade ateia.

"Agradecemos a generosidade do Sr. Matt Wilbourn por sua doação para o lar infantil. Esta decisão não é sobre dinheiro ou assuntos pessoais. É unicamente sobre as nossas crenças religiosas e sobre honrar a Deus, nosso Pai", continuou a publicação.

"Nossa casa não pode honrar a ‘não-crença’ em Deus, mas nós vamos honrar a Deus, nosso Pai, de acordo com os nossos princípios bíblicos. Essas duas posições são totalmente opostas. Portanto, devemos respeitosamente recusar a doação e o pedido para honrar a Comunidade Ateísta", explicou.

A organização também disse que espera que os doadores sejam "respeitosos para com os princípios bíblicos da Fundação Murrow que existe há mais de 100 anos, e que possam entender que nossos princípios são diferentes e que devemos honrar o nosso Deus", completou.

veja também