Autores de 16 e 17 anos de idade estão entre os finalistas para o "Sermão do Ano"

O concurso realizado pela Escola de Teologia de Londres visa inspirar as pessoas - jovens e mais velhas - a pregar a Palavra de Deus. O tema do concurso é "uma razão para a esperança".

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2016 as 9:37

Neste ano de 2016, o concurso tem dois finalistas menores de 21 anos de idade. (Foto: Adijui)
Neste ano de 2016, o concurso tem dois finalistas menores de 21 anos de idade. (Foto: Adijui)

O concurso conhecido "Sermão do Ano", organizado pela Escola de Teologia de Londres e pela revista 'Preach', chegou à sua final, reduzido a apenas quatro concorrentes.
 
De acordo com o site 'Christian Today', os quatro finalistas são divididos em dois grupos: menores de 21 anos e de 21 anos para cima.
 
Os dois concorrentes na categoria abaixo de 21 anos de idade são 'Phil Hutch', um adolescente de 17 anos, líder da Juventude na em Derby (Inglaterra), que iniciou uma semana de trabalho evangelístico para as escolas de sua cidade e Jess Mackin, um estudante de 16 anos de idade, que tem se dedicado ao estudo da física, matemática e computação.
 
Os dois concorrentes na categoria acima de 21 anos são Siku, um músico e artista, e Natalie Collins, uma especialista em justiça de gênero, que está envolvido em organizações que ajudam as mulheres a combaterem a violência doméstica.
 
O vencedor do concurso será anunciado na próxima semana.
 
O concurso visa inspirar as pessoas - jovens e mais velhas - a pregar a Palavra de Deus. O tema do concurso é "uma razão para a esperança".
 

Estatísticas

Uma Pesquisa feita em conjunto com o concurso apontou que, talvez, ao contrário da crença popular, a maioria das pessoas ainda valorizam ouvir sermões e até mesmo preferem ouvir uma exposição bíblica de fato ao invés de piadas pessoais.

A pesquisa feita com 1.800 fiéis, conduzida pelo instituto 'Christian Research' descobriu que quase nove em cada 10 pessoas discordam que os sermões estejam 'desatualizados'.

veja também