Bancada evangélica do PR quer discutir sobre postagem alusiva ao casamento gay

Vereadores são contra imagem alusiva a união homoafetiva. Moção de repúdio que seria votada nesta segunda foi retirada da pauta.

fonte: Guiame

Atualizado: Terça-feira, 7 Outubro de 2014 as 11:23

Bancada evangélica do PR quer discutir sobre postagem alusiva ao casamento gayUma postagem publicada no dia 30 de setembro pela página oficial da Prefeitura de Curitiba tem gerado discussões e protestos de diversos vereadores da capital paranaense. A publicação foi feita para divulgar a celebração de um casamento coletivo (incluindo uniões homoafetivas), que se realizará em dezembro deste ano (2014), apoiado pela prefeitura.

Após a repercussão negativa da publicação na Câmara dos Vereadores (no dia seguinte) e a moção de repúdio sugerida pela vereadora Carla Pimentel (PSC), a prefeitura decidiu remover a postagem.

Após diversos protestos de internautas, o post foi recolocado na página oficial da Prefeitura no Facebook, junto a um pedido de desculpas.

A moção de repúdio apresentada por Carla Pimentel deveria ser votada no dia

A moção de repúdio apresentada por Pimentel no dia 1º de outubro deveria ser votada nesta segunda-feira (6). Porém, a autora resolveu retirar o texto da pauta, após conversar com o líder do governo na Câmara, vereador Pedro Paulo (PT).

Ainda não há uma data definida para que os vereadores debatam o tema entre si, nem com o prefeito.

Com informações do G1

veja também