Bíblia de mais de 200 anos é lida durante solenidade no prédio do governo, em Washington (EUA)

Para esta solenidade, eles usaram uma versão da Bíblia, que data de 1782, chamada 'Bíblia Aitken'. O exemplar é uma parte importante da história dos Estados Unidos.

fonte: Guiame, com informações da CBN

Atualizado: Domingo, 22 Novembro de 2015 as 6:25

A Associação Nacional da Bíblia (EUA) realizou um evento especial para a leitura das Escrituras no Capitólio da nação, em Washington, esta semana para lembrar aos norte-americanos que na próxima segunda-feira, 23 de novembro, será celebrado o Dia Internacional da Bíblia.

Para esta solenidade, eles usaram uma versão da Bíblia, que data de 1782, chamada 'Bíblia Aitken'. O exemplar é uma parte importante da história dos Estados Unidos.

Durante a colonização da América do Norte (século XVIII), a Inglaterra havia cortado todos os fornecimentos às colônias, por causa da Guerra Revolucionária, portanto, um fabricante de livros, chamado Robert Aitken buscou aprovação especial do Congresso para imprimir Bíblias em Inglês e se certificar de que os colonos ainda poderia obter estes exemplares.

O Congresso respondeu à solicitação de Aitken, em setembro de 1782, emitindo a seguinte declaração: "Resolvido. Que os Estados Unidos em assembleia do Congresso aprovou consistentemente a participação piedosa e louvável do Sr. Aitkin, como subserviente aos interesses da religião, bem como uma influência do progresso das artes neste país e está satisfeito de o referido relatório (pelos capelães no Congresso). Recomenda-se esta edição da Bíblia para os habitantes dos Estados Unidos e autoriza-se a publicar esta recomendação".

Esta semana, vários senadores e congressistas leram a Bíblia Aitken, que ficou marcada como a versão formalmente aprovada pelo Congresso.

"A Bíblia tem impactado cada aspecto da vida, incluindo a história política da América", disse Richard Glickstein, presidente da Associação Nacional da Bíblia (EUA).

"A oportunidade de ler a Bíblia Aitken apenas reforça mais os laços profundos que nossa nação têm com este grande livro", disse Glickstein.

O senador John Thune leu o trecho de Mateus 5:16: "Deixe que a sua luz brilhe diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos Céus".

Já o representante Robert Aderholt, do estado do Alabama (EUA) leu o trecho de Mateus 07:18: "Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons".

Outros leitores, incluindo o capelão do Senado dos Estados Unidos, Barry Black, o senador Tim Scott (Carolina do Sul), Steve King (Iowa) e Louie Gohmert (Texas), também participaram do evento.

Clique no vídeo abaixo para assistir à oração feita pelo capelão do Senado dos Estados Unidos, Barry Black:

 
Capitol Bible Reading - International Day of the Bible

We kicked off International Day of the Bible alongside Museum of the Bible with a public Bible reading at the Capitol in DC. Here is Senate Chaplain Barry Black's opening prayer in light of the tragic events in France.

Posted by International Day of the Bible on Quinta, 19 de novembro de 2015

 

veja também