Bíblia Sagrada está entre os livros mais censurados em 2015

Por motivos religiosos, a Bíblia se tornou o 6º livro mais censurado de 2015 nos Estados Unidos, segundo o Instituto de Liberdade Intelectual.

fonte: Guiame, com informações de ALA

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2016 as 4:43

Bíblia Sagrada está entre os livros mais censurados em 2015, segundo o Instituto de Liberdade Intelectual. (Foto: Reprodução)
Bíblia Sagrada está entre os livros mais censurados em 2015, segundo o Instituto de Liberdade Intelectual. (Foto: Reprodução)

A Bíblia Sagrada foi o 6º livro mais censurado no último ano, de acordo com uma lista desenvolvida pelo Instituto de Liberdade Intelectual (ALA, na sigla em inglês) a fim de informar o público sobre a censura nas escolas e bibliotecas.

De acordo com a organização, uma obra é classificada como censurada quando as escolas e bibliotecas solicitam sua remoção, por meio de uma queixa formal, por causa de seu conteúdo.

A lista compilada pela ALA revela que por motivos religiosos, a Bíblia se tornou o 6º livro mais censurado de 2015 nos Estados Unidos. Surpreendentemente, os outros livros que preenchem a classificação dos censurados possuem conteúdo que incentivam a libertinagem sexual, a homossexualidade, o ateísmo e a violência.

“Quem é Você, Alasca?”, escrito por John Green, ocupa o primeiro lugar na solicitação de remoção das bibliotecas e escolas, seguido por “Cinquenta Tons de Cinza”, da autora Erika Leonard James.

De acordo com o ALA, o objetivo do instituto é educar sobre os esforços individuais de censura e informar o público de que este ainda é um sério problema.

“Apesar dos melhores esforços por parte instituto para acompanhar os livros censurados e apoiar as instituições que lidam com isso, pesquisas indicam que até 85% destes livros não recebem nenhuma atenção da mídia”, lamenta a organização.

veja também