Billy Graham fala sobre como identificar falsos profetas: "Eles acrescentam crenças à Bíblia"

Respondendo à pergunta de um leitor, Billy Graham destacou que um falso profeta não aceita que a Bíblia contém todos os ensinamentos de Deus.

fonte: Guiame, com informações do Charisma News

Atualizado: Sábado, 7 Janeiro de 2017 as 10:07

Billy Graham chega aos 98 anos de idade, com lucidez e um legado evangelístico, que está sendo mantido por seus filhos. (Foto: BGEA)
Billy Graham chega aos 98 anos de idade, com lucidez e um legado evangelístico, que está sendo mantido por seus filhos. (Foto: BGEA)

A relatividade da verdade e da moral tem levado ao surgimento até mesmo de mesmo líderes que "profetizam" em nome de Deus, mas muitas vezes suas mensagens distorcem os ensinamentos bíblicos. Isso já não são mais novidade na sociedade pós-moderna. Porém o evangelista Billy Graham falou sobre qual deve ser a atitude correta diante de um falso profeta e lembrou que este é um problema que já existia nos tempos de Jesus.

O comentário de Graham veio em resposta a uma pergunta feita por um internauta no site oficial da Associação Evangelística fundada pelo pastor.

O leitor perguntou: "Um casal veio à nossa porta no outro dia e eles disseram que queriam ler a Bíblia para nós. Eles foram muito simpáticos, mas mais tarde meu tio disse que não deveríamos ter deixado que eles entrassem, porque pertencem a uma seita. Agora eles querem voltar e conversar conosco sobre suas crenças. Deveríamos deixá-los entrar?".

Em sua resposta, Billy Graham elogiou a atitude do leitor em se preocupar com quem ele deixa ou não entrar em sua casa.

"Embora você não identifique a organização ou o grupo que esse casal representa, você é sábio por ser cauteloso - e neste caso, peço que você preste atenção ao conselho do seu tio. Apenas algumas décadas, após o ministério de Jesus, a Bíblia advertiu que 'muitos falsos profetas saíram pelo mundo' (1 João 4: 1b)", disse.

O evangelista também alertou sobre o perigo de líderes ou grupos religiosos que distorcem a mensagem da Bíblia acrescentam suas próprpias crenças às Escrituras Sagradas.

"Sem dúvida este casal foi sincero, mas em outras partes de sua pergunta, você dá duas pistas que indicam que eles representam um grupo uma seita não-cristã. Primeiro, eles não aceitam a Bíblia - e somente a Bíblia - como a Palavra de Deus. Em vez disso, eles acrescentam coisas à Bíblia, colocando os escritos de seu fundador no mesmo nível das Escrituras Sagradas (embora eles realmente contradigam a Bíblia e neguem seus ensinamentos claros em pontos cruciais)", destacou.

Graham destacou outro ponto essencial para identificar e validar (ou não) a mensagem trazida por muitos desses "profetas": a salvação somente por meio de Cristo.

"A outra pista é que muitos negam que Jesus Cristo é o único Filho de Deus, enviado do céu para nos salvar de nossos pecados pela Sua morte e ressurreição. Mas o ensinamento da Bíblia é claro: Jesus Cristo era Deus em carne humana, que somente Ele é capaz de nos salvar quando colocamos nossa fé e confiamos Nele. A Bíblia diz: 'A salvação não é encontrada em mais ninguém' (Atos 4:12, NVI)", acrescentou.

Finalizando sua resposta, Graham propôs que o leitor buscasse a verdade que liberta e ilumina em Cristo.

"Não se deixe enganar, mas por uma simples oração de fé, volte-se para Jesus Cristo e convide-O a entrar em suas vidas hoje. Então peça-Lhe que o guie para uma igreja onde você aprenderá sobre a Bíblia e se fortalecerá em sua fé", concluiu.

veja também