Carlos Bezerra Jr. critica camisetas da Adidas por conteúdo impróprio

Carlos Bezerra Jr. critica camisetas da Adidas por conteúdo impróprio

Atualizado: Quinta-feira, 27 Fevereiro de 2014 as 7:47

Carlos Bezerra Jr. critica camisetas da Adidas por conteúdo impróprioPatrocinadora da Copa do Mundo de Futebol (2014) no Brasil, a Adidas decidiu retirar uma coleção de camisetas comemorativas que lançou para o evento. Os produtos traziam figuras com conotação sexual.
 
A polêmica não se agravou somente pela ofensa causada ao público feminino brasileiro, mas também pela triste realidade do significativo aumento do tráfico de pessoas (principalmente para crimes sexuais).
 
Em uma postagem na sua página oficial do Facebook, o senador Carlos Bezerra Jr. criticou a atitude da empresa norte-americana e alertou para a importância da conscientização sobre o tráfico de pessoas.
 
Confira o comentário de Bezerra Jr. na íntegra, logo abaixo:
 
Toda empresa esportiva sabe da relação entre os grandes eventos esportivos mundiais e o aumento do tráfico de pessoas, principalmente para fins sexuais.
 
Apesar das campanhas educativas, a Copa da África do Sul teve a triste marca de 100 mil pessoas traficadas. Na Alemanha foram 30 mil. O Ministério Público já registra desde 2012 sites de venda de meninas aqui no Brasil voltados à Copa do Mundo.
 
Não foi só a imagem preconceituosa da mulher brasileira que ofendeu o público, foi também a tentativa da empresa de fugir da responsabilidade que tem: investir para reduzir o tráfico de pessoas nos eventos que patrocina.
 
Se, nesse contexto, a empresa estimula o turismo sexual, é uma prática inaceitável. Devido à revolta da sociedade o produto foi retirado do mercado.
 
O que seria realmente bom é ver a Adidas apoiar verdadeiramente o esporte e o Brasil, investindo pesado numa campanha contra o tráfico de pessoas na Copa de 2014.
 

veja também