Casa onde Jesus foi criado na infância é encontrada por arqueólogos, em Nazaré

A excelente preservação da casa revela que grandes esforços foram feitos para preservar a estrutura.

fonte: Guiame, com informações de O Globo

Atualizado: Quarta-feira, 4 Março de 2015 as 8:31

A casa foi parcialmente construída com paredes de argamassa e pedra, apoiada numa encosta rochosa.
A casa foi parcialmente construída com paredes de argamassa e pedra, apoiada numa encosta rochosa.

 

A casa onde possivelmente Jesus passou a infância com os pais, Maria e José, foi descoberta por arqueólogos em Nazaré, Israel. A casa foi parcialmente construída com paredes de argamassa e pedra, apoiada numa encosta rochosa.

O local já havia sido descoberto por freiras do Convento das Irmãs de Nazaré, em 1880, mas não foi verificado por arqueólogos. Em 2006, uma equipe liderada por Ken Dark, da Universidade de Reading, no Reino Unido, começou a explorar a construção, e identificaram que ela pertence ao primeiro século.

"Foi esta a casa onde Jesus cresceu? É impossível dizer por motivos arqueológicos", escreveu Dark em artigo publicado na revista Biblical Archaeology Review. "Por outro lado, não há nenhuma boa razão arqueológica para que tal identificação não seja levada em consideração."

Os arqueólogos descobriram ainda que o Império Bizantino decorou a construção com mosaicos e construiu a "Igreja da Nutrição" sobre a casa, séculos depois do tempo de Jesus. Além disso, soldados que faziam parte das cruzadas do século XII, na Terra Santa, se refugiavam na igreja depois que ela caiu em desuso.

“Estas evidências sugerem que tanto bizantinos quanto soldados acreditavam que essa era a casa onde Jesus havia sido criado”, disse Dark.

Potes de cozinha quebrados e vasos de pedra calcária do primeiro século foram encontrados na casa, sugerindo que uma família judia viveu no local – os judeus consideram que o calcário não pode se tornar impuro. 

O fato de a casa ter sido protegida explica sua "excelente preservação", afirmou Dark. De acordo com o pesquisador, "grandes esforços" foram feitos para preservar a estrutura.

 

 

veja também