Casal de idosos cristãos morre no mesmo dia e emociona filhos: "Eles viviam para servir"

Henry e Jeanette De Lange passaram suas vidas servindo outras pessoas. Henry serviu no Exército dos Estados Unidos durante a Guerra da Coréia e Jeanette cuidava de crianças no Hospital Platte, além de servirem na igreja.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Sexta-feira, 19 Agosto de 2016 as 9:29

Tanto Henry quanto Jeanette foram muito ativos em servir na Igreja Cristã Reformada de Platte em Dakota do Sul. (Foto: Reprodução).
Tanto Henry quanto Jeanette foram muito ativos em servir na Igreja Cristã Reformada de Platte em Dakota do Sul. (Foto: Reprodução).

Nem mesmo a morte foi capaz de separar um casal cristão de idosos, com 63 anos de história juntos, que viveram para servir aos outros, guiados pela fé. Eles morreram com apenas 20 minutos de diferença.

De acordo com a CNN, Henry e Jeanette De Lange passaram a vida ajudando pessoas  ele como um veterano de guerra que serviu no Exército dos Estados Unidos durante a Guerra da Coréia e, mais tarde, como um bombeiro. Ela, trabalhando para o Hospital Platte, cuidando de crianças.

Tanto Henry quanto Jeanette foram muito ativos em servir na Igreja Cristã Reformada de Platte, em Dakota do Sul.

O casal, que estava alojado em um Centro de Atenção, estava doente há bastante tempo. Jeanette sofria de Alzheimer e Henry de câncer de próstata.

Os filhos dos idosos foram imediatamente estar com eles quando receberam a informação de que seus pais estavam em um estado ruim de saúde. Os membros da família estavam lendo a Bíblia para eles, quando deram o último suspiro.

Jeanette foi a primeira. Ela faleceu às 17h10 do dia 31 de julho e, quando Henry foi informado de seu falecimento, ele também se foi. "Ela faleceu muito, muito em paz. Incrivelmente em paz", lembrou seu filho.

Seu irmão foi o único a contar para seu pai. "Mamãe foi para o céu. Você não tem que lutar mais, você pode ir também, se quiser", disse ele. Henry aceitou em paz, olhando para sua esposa uma última vez antes de descansar os olhos. Ele faleceu 20 minutos depois.

"Estamos chamando isso de um belo ato de amor e misericórdia de Deus”, disse Lee, um dos filhos. Eles disseram que seus pais viviam uma vida muito cheia de amor e que, mesmo com o falecimento dos pais, viram o sinal de Deus no momento certo.

Descrevendo seus pais como "fortes cristãos que queriam compartilhar sua fé com os outros", Keith disse que a história de Henry e Jeanette é surpreendente e foi uma prova de fé.

veja também