Citada como sinal profético, Lua de Sangue foi vista de diferentes países

A primeira Lua de Sangue apareceu - depois de décadas - recentemente na páscoa, 15 de abril de 2014. A da última terça, apareceu dentro do Ano do Jubileu, na sukkot, ou festa dos tabernáculos, dia 08 de outubro de 2014.

fonte: Guiame

Atualizado: Quarta-feira, 8 Outubro de 2014 as 9:18

Citada como sinal profético, Lua de Sangue foi vista de diferentes paísesNa última terça-feira, 07/10, a Lua de Sangue foi registrada, podendo ser vista de diversos países, durante um eclipse lunar.

Citadas como um sinal profético por diversos estudiosos da Bíblia, as Luas de Sangue apareceram em outros momentos da história, marcando feriados importantes para o povo judeu (e também para os cristãos).

A primeira Lua de Sangue apareceu - depois de décadas - recentemente na páscoa, 15 de abril de 2014. A da última terça, apareceu dentro do Ano do Jubileu, na sukkot, ou festa dos tabernáculos, dia 08 de outubro de 2014.

Em um artigo recentemente publicado no Portal Guiame, o renomado pastor e escritor Édino Melo relaciona as luas de sangue do século XX com outros momentos marcantes da história do povo de Israel.

"As últimas luas de sangue apareceram na era moderna primeiramente em Abril de 1492, quando houve o edito de expulsão do povo de Israel da Espanha; depois, em 1948, quando se deu a Organização do Estado de Israel, e em 1967, quando a cidade de Jerusalém foi unificada com Israel. Observe como tudo está absolutamente alinhavado a Israel. Não há como negar a veracidade atual dos fatos. Quem tem ouvidos ouça o que os sinais estão comunicando", escreveu o escritor relacionando os fenômenos à passagem de Apocalipse 6:12.

"As luas de sangue profetizadas aparecerão juntamente com o escurecimento do Sol, que se dará no Ano do Jubileu. Nunca houve algo assim na história. Como é possível isso ocorrer exatamente no Ano novo judaico, e exatamente no Jubileu? São os apontamentos divinos", destacou.

Segundo o estudidoso ainda há mais fenômenos previstos para os próximos meses.

Já para o teólogo e pastor Bruno dos Santos, as Luas de Sangue são sinais que alimentam teorias especulativas, mas que acima de tudo mostram que Deus se mantém no controle do universo.

"Minha constatação é a seguinte. Todos os anos podemos ser alimentados de ideias, teses e teorias especulativas como estas. É fato que sinais na terra e nos céus fazem parte do “kit fim do mundo”, como também é fato que as pessoas se assustam muito quando se deparam com possíveis evidências de que Deus continua no controle e que cedo ou mais tarde, todos vão ter que conversar pessoalmente com o Criador", disse Bruno em um de seus artigos.

Entre os próximos fenômenos previstos estão: no 20 de março de 2015, um eclipse total raro. Logo após, no dia 04 de abril de 2015, aparecerá a terceira Lua de Sangue. A quarta e última Lua de Sangue aparecerá no dia 28 de setembro de 2015.

Por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também