Com incentivo ao adultério, 'Bíblia dos Pecadores' será leiolada na Europa

Publicado em 1631, o manuscrito é um dos poucos remanescentes de uma coleção que continha um erro de digitação no trecho dos dez mandamentos, incentivando a prática do adultério.

fonte: Guiame, com informações de Christian Today

Atualizado: Quarta-feira, 21 Outubro de 2015 as 3:13

Uma antiga edição das Escrituras Sagradas, apelidada de "Bíblia dos Pecadores", será leiloada em Londres no valor de pelo menos 15 mil libras. Publicado em 1631, o manuscrito é um dos poucos remanescentes de uma coleção que continha um erro de digitação no trecho dos dez mandamentos, incentivando a prática do adultério.

A publicação omite a palavra "não", fundamental neste contexto, e apresenta a frase "tu deverás cometer adultério" no trecho bíblico de Êxodo 20:14.

Não se sabe se foi um erro cometido por Robert Barker e Martin Lucas, responsáveis pela impressão do livro, ou se os concorrentes sabotaram a edição propositalmente. 

"Quando esta Bíblia foi impressa, em 1631, a intenção era que ela fosse a última de uma longa linha de edições que haviam sido publicadas por Robert Barker e Martin Lucas, os impressores reais", disse Simon Roberts, um especialista em livros e manuscritos do departamento de Bonhams, em Londres.


Os livros foram recolhidos e queimados — mas alguns exemplares permaneceram nesse processo. (Foto: Daily Mail)


De qualquer maneira, a descoberta do erro, um ano após sua impressão, causou um grande alvoroço na comunidade anglicana.

"Foi um erro terrível e a sua descoberta causou indignação. Alguém contou ao rei, que convocou Barker e Lucas para se explicar", explica o estudioso. "Eles foram multados em 300 libras, uma alta quantidade de dinheiro naquele tempo, e tiveram suas licenças de impressão suspensas."

Roberts conta que o escândalo contribuiu para a queda de Barker, que acabou falecendo na prisão em 1645. Depois disso, os livros blasfemos foram recolhidos e queimados — mas alguns exemplares permaneceram nesse processo.

"Apenas nove cópias ​​existem atualmente, tornando-as extremamente raras e procuradas. Embora esta Bíblia tenha sido controversa na ocasião, hoje é agora uma parte importante da história das sagradas escrituras", afirma Roberts.

A cópia será leiloada na cidade de Bonhams, em Londres, no dia 11 de novembro.

 

veja também