"Como Igreja, nos colocamos em posição de guerra", diz Valnice Milhomens sobre eleições

Preletora do Culto Homens e Mulheres Diante do Trono, a apóstola orou pelo Brasil e compartilhou o que Deus tem colocado em seu coração a respeito das eleições.

fonte: Guiame

Atualizado: Quinta-feira, 28 Agosto de 2014 as 12:38

Na manhã da última quarta-feira, 27/08, a Igreja Batista da Lagoinha recebeu a Ap. Valnice Milhomens para levar uma mensagem durante o Culto "Homens e Mulheres Diante do Trono". Além da mensagem chegar em um contexto que antecede o 4º Congreso Mulheres Diante do Trono, o clima de eleições também serviu de motivação para que as orações pelo futuro da nação brasileira se intesificassem. Sendo assim este culto também serviu como marco inicial para os "40 Dias de Jejum e Oração pelo Brasil".

Apó a abertura do culto, que contou a participação dos pastores Gustavo Bessa e Ana Paula Valadão já convocando a igreja a orar pelas eleições, que acontecerão no início outubro deste ano (2014), a lider do Ministério Diante do Trono convidou a preletora daquela manhã para dar continuidade ao momento de intercessão e ministrar a Palavra.

“Pai, os Teus olhos, agora, repousam sobre o Brasil. Colocamos Diante de Ti as eleições brasileiras deste ano. Levanta candidatos segundo Teu coração. Que eles possam legislar e governar de acordo com a Tua vontade e princípios. Declaramos, nesta hora, que o Brasil é do Senhor Jesus”, disse Milhomens em sua oração.

Já durante sua pregação, Valnice teve a oportunidade de testemunhar um pouco sobre sua vida e o que Deus fez logo no início de seu ministério no Brasil - após voltar do campo missionário, na África.

“Desde os 17 anos fiz uma aliança com o Senhor e disse a Ele que somente irei crer na Tua Palavra e obedecê-lo. Recebi um chamado missionário para África e fiquei por lá durante muitos anos. Nesse tempo, Deus me capacitou e a minha vontade era de continuar naquele local; até que um dia Deus disse que era o momento de retornar ao Brasil. Após voltar ao nosso país, o Senhor, em meio a lutas, começou a me usar de uma forma extraordinária e a levantar guerreiros que entraram comigo em uma luta espiritual. Na verdade, o Senhor queria me dar territórios brasileiros que haviam sido perdidos”, relatou.

Ainda falando sobre parte de sua história, a preletora falou sobre a época em que começou a apresentar um programa de TV em rede nacional e compartilhou algo que Deus tem colocado em seu coração sobre este período eleitoral.

“E, em 1989, em pleno ano eleitoral, o Deus me deu um programa de televisão em cadeia nacional, o qual durava uma hora e não contava com nenhum tipo de anúncio ou patrocínio. Foi algo inacreditável. Recordo-me que certo dia, em meio a exibição desse programa, o Senhor me disse que nenhum dos candidatos que concorriam às eleições eram um de Seus escolhidos; e, que a redenção do Brasil viria da sua igreja. E, perante a estas eleições de 2014, venho, novamente, dizer que a redenção do nosso país virá da Igreja Brasileira”, declarou.

A apóstola finalizou sua palavra com mais uma oração pelo futuro da nação, pedindo a Deus que a Igreja brasileira "se posicione para recuperar territórios que foram perdidos".

“Deus, que venha o Teu reino. Sara a nossa terra. Queremos políticos que legislem a favor do Teu povo. Não queremos leis brasileiras que afrontem os seus princípios. Como Igreja, nos colocamos em posição de guerra, pois queremos ocupar territórios que foram perdidos. Que a igreja brasileira não venha se calar, mas que proclame que o nosso país é do Senhor Jesus. Que o nome do Brasil jamais volte a ser envergonhado; e que o dia 5 de outubro de 2014 seja uma data marcada pelo arrependimento, devido aos pecados nacionais cometidos contra a Tua Palavra”, orou Valnice Milhomens.

Com informações da Lagoinha.com

*Imagem: Laís Sierra

veja também