Conferência Livres 2014 frisa a alegria em Deus e o amor ao próximo

“Deus é glorificado em você quando você está mais satisfeito nEle”, exclamou John Piper

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 26 Maio de 2014 as 4:41

Diferente das últimas edições, a abertura da Conferência Livres foi feita pela banda Livres com a participação de uma bateria especial. A novidade no início do evento já mostrava um pouco do que ainda haveria de acontecer na Estância Árvore da Vida nos dias 23, 24 e 25 de maio de 2014.

Um dos nomes mais esperados na Conferência Livres, John Piper foi quem ministrou a primeira palavra do evento, na sexta-feira à noite.

Com base no Salmo 16:11, Piper frisou a plenitude de alegria perpétua que há em Deus. Ele citou algumas razões para que alguém passe a vida inteira buscando essa alegria. “Eu amo ter um Deus que me ordena ser feliz”, declarou.

Ao falar sobre negar a si mesmo e à própria ideia de felicidade, John Piper citou um exemplo dado por C.S. Lewis que fala de alguém que se contenta em fazer bolinho de areia na favela quando pode ter férias à beira do mar.

“Deus é glorificado em você quando você está mais satisfeito nEle”, exclamou Piper.

A mensagem da sexta à noite foi continuada pelo conferencista no sábado à tarde, na qual ele trabalhou o aspecto de que ninguém pode amar outras pessoas a não ser que tenha sua alegria em Deus.

“O amor é o transbordar da alegria em Deus que atende às necessidades do outro”, disse Piper, definindo amor baseado na passagem de 1 Coríntios 13.

No sábado pela manhã, o pastor Carlos Queiroz fez uma exposição sobre os aspectos da missão dada a nós por Jesus: Adoração, comunhão, edificação, evangelização, e cidadania e humanização.

Em sua palavra, o professor Adauto Lourenço apresentou alguns mitos e verdade sobre um tema que está em alta graças ao cinema, o dilúvio de Gênesis.

Informações relevantes que provam a existência do dilúvio foram passadas por ele. Para concluir sua reflexão, Adauto Lourenço leu algumas passagens bíblicas que relatam que da mesma forma que as pessoas foram julgadas no dilúvio serão novamente julgadas.

No sábado à tarde, um chamado ao avivamento e ao Ide de Cristo foi feito por Rafael Reis. “Deus está chamando uma Igreja para glorificar o Seu nome. E que venha uma Igreja sofredora no Brasil”, declarou.

Juliano sonApós a ministração de louvor de Leonardo Gonçalves, no sábado à noite, Juliano Son ministrou a respeito do Pai Nosso. Ao falar que orar é, acima de tudo, se relacionar com Deus, ele ensinou que Deus deseja se relacionar conosco porque Ele é Aba, é Pai.

“Não é Pai meu, é Pai nosso. Fazemos parte de uma só família e Ele me lembra que meu sobrenome não é mais Son, é ‘de Cristo’. E porque o Pai é nosso, o pão também é nosso”, exclamou.

Em sua exposição da Palavra, Son leu trechos de um texto de Carlos Queiróz: A falta de pão na mesa do pobre é um problema decorrente da falta de espiritualidade no altar dos cristãos. O Pai Nosso é a oração pelo pão de cada dia do outro e não do nosso.

O amor ao próximo também foi citado por Antônio Carlos Costa, na ministração de domingo, com base em Marcos 12:28-33. “O caminho que leva a Deus passa pelo próximo”, afirmou.

“A missão número um da Igreja é o amor e através do amor vem a pregação do Evangelho”, frisou o preletor.

A banda texana The Digital Age agitou a Conferência do começo ao fim, eles ministraram o louvor em todos os dias de conferência. Pela primeira vez no Brasil, eles se mostraram encantados e disseram que já se sentiam brasileiros.

Além da The Digital Age, a Conferência Livres 2014 contou com as participações de Leonardo Gonçalves, Daniela Araújo, Heloísa Rosa e Banda Resgate.


por Juliana Simioni
fotos: Juliana Simioni

GUIAME.COM.BR

“Deus é glorificado em você quando você está mais satisfeito nEle”, exclamou John Piper

veja também