Coreia do Norte é listada como país que mais persegue cristãos pela 15ª vez consecutiva

A lista será divulgada no dia 11 de janeiro, mas o Portas Abertas já adiantou que a Coreia do Norte ocupa mais uma vez o primeiro lugar.

fonte: Guiame, com informações do Christian Headlines

Atualizado: Terça-feira, 3 Janeiro de 2017 as 11:33

Além do assombroso número de cristãos mortos por sua fé, milhões de outros foram impedidos de praticar livremente sua religião. (Foto: AFP).
Além do assombroso número de cristãos mortos por sua fé, milhões de outros foram impedidos de praticar livremente sua religião. (Foto: AFP).

Anualmente, o Ministério Portas Abertas divulga sua lista oficial de perseguição religiosa pelo mundo, classificando os países que mais oprimem os cristãos. A lista de 2017 está prestes a ser lançada, mas a organização já revelou que a Coreia do Norte voltará a ocupar o topo da lista neste ano. Isso marca o 15º ano do país como o pior país para um cristão viver.

De acordo com a Mission Network News, os últimos anos têm apresentado tendências preocupantes para a perseguição cristã em todo o mundo. O ano de 2016 foi o terceiro ano consecutivo em que a perseguição continuou a aumentar significativamente.

Os países que ocuparam o lugar mais alto na lista mundial de 2016 foram a Síria, Afeganistão, Eritreia, Iraque e a nação que ficou em primeiro lugar: a Coreia do Norte. Esses países parecem continuar com a tendência de brutal de perseguição aos cristãos.

A imbatível Coreia do Norte

"Mesmo que a perseguição seja horrível em lugares como o Iraque, a Síria e a Somália, não há país que tenha as restrições, a violência ou o direcionamento de cristãos como a Coreia do Norte", afirmou Emily Fuentes, do Portas Abertas.

O “International Business Times” também relatou o aumento da perseguição cristã. O site de notícias revela estatísticas chocantes de perseguição. Quase 90 mil cristãos foram mortos por sua fé no ano passado, o que equivale a um cristão martirizado a cada seis minutos.

Além do assombroso número de cristãos mortos por sua fé, milhões de outros foram impedidos de praticar livremente sua religião. Embora a situação dos cristãos em muitos lugares ao redor do mundo seja sombria, a “Mission Network News” oferece medidas de ação que os cristãos podem tomar para ajudar seus irmãos e irmãs em Cristo que enfrentam a perseguição.

Lembrar desses cristãos em suas orações é muito importante, assim como estar ciente de quais países precisam de mais oração. A Lista Mundial do Portas Abertas 2017 será lançada no dia 11 de janeiro. "A primeira coisa é estar orando pelos países da lista", finalizou Emily Fuentes.

veja também