"Crescimento espiritual não se trata apenas de adquirir conhecimento", diz Ap. Rina no Café de Pastores

O evento, sediado na Igreja Bíblica da Paz, contou com a participação de dezenas de pastores e líderes da cidade de São Paulo.

fonte: Guiame, Luana Novaes

Atualizado: Quinta-feira, 29 Outubro de 2015 as 5:41

O Apóstolo Rina, líder e fundador da Bola de Neve Church, foi o preletor do Café de Pastores da CPESP em outubro. (Foto: Guiame/ Marcos Paulo Corrêa)
O Apóstolo Rina, líder e fundador da Bola de Neve Church, foi o preletor do Café de Pastores da CPESP em outubro. (Foto: Guiame/ Marcos Paulo Corrêa)
O Apóstolo Rina, líder e fundador da Bola de Neve Church, foi o preletor do Café de Pastores da CPESP nesta quarta-feira (28). O evento, sediado na Igreja Bíblica da Paz, contou com a participação de dezenas de pastores e líderes da cidade de São Paulo. 

O louvor foi ministrado pelo cantor Maurício Paes, que já teve passagem no grupo Toque do Altar. Em seguida, Rina iniciou sua mensagem afirmando que uma das maiores tragédias que pode acontecer a uma igreja é a perda da "visão" — tema que baseou toda a pregação.

"Perder a visão é se institucionalizar, enquanto a igreja foi chamada para ser uma família", disse Rina, fazendo referência à passagem de Apocalipse 3:14-22. "Laodicéia deveria ter mudado o mundo, mas foi o mundo que acabou mudando ela."
 
"Tudo na nossa caminhada depende de vermos. A própria conversão depende de uma visão. Só quando os olhos são abertos é que eu me converto das trevas para a luz", explica. "Andar por uma visão natural e religiosa evidência o quão cego espiritualmente nós podemos estar."
 

Apóstolo Rina durante pregação no Café de Pastores da CPESP de outubro. (Foto: Guiame/ Marcos Paulo Corrêa)
 
Crescer

Rina aponta que o crescimento espiritual também depende daquilo que se enxerga. "A visão determina o quanto nós crescemos. O que é o crescimento espiritual? Diferente do que muitos imaginam, não é adquirir cada vez mais conhecimento, não se trata apenas de informação. É sermos transformados na imagem do filho de Deus", explica.
 
"Para eu ser transformado por essa glória, eu preciso receber impactos dessa glória. São as contínuas visão da glória que me trazem o crescimento e a maturidade. As informações são importantes, mas de nada valem se eu não estou sendo transformado à imagem Dele", continua.
 
O apóstolo ressaltou que aquilo que Deus fez ontem, não é o mesmo feito hoje. "Infelizmente, nos apegamos a institucionalizar a nossa chamada, e nos apegamos a primeira experiência — mas eu preciso de uma experiência 'agora'. Aquilo que eu vivi ontem já não me alimenta hoje."

"A chave de Deus para nos manter incendiados é nos levar a um ponto em que tudo o que a gente viveu já não serve mais. O 'ver' gera autoridade espiritual. Se você deixa de ver, há perda de autoridade espiritual", explica Rina. "Quando nós vemos ao Senhor, nós nos vemos."
 

Apóstolo Rina durante pregação no Café de Pastores da CPESP de outubro. (Foto: Guiame/ Marcos Paulo Corrêa)

veja também