Cristãos deveriam assistir ao filme 'DeadPool'? John Piper responde

O conhecido teólogo norte-americano, John Piper falou sobre alguns questionamentos que os cristãos devem fazer a si mesmos antes de assistir ao filme tão comentado.

fonte: Guiame, com informações do DesiringGod

Atualizado: Sexta-feira, 19 Fevereiro de 2016 as 1:37

Recém-lançado nos cinemas do Brasil (e anteriormente nos Estados Unidos), o filme DeadPool está intrigando cristãos e pais de adolescentes, que se preocupam com o efeito que o conteúdo do longa-metragem - cenas de nudez, sexo, violência e palavrões - pode surtir em seus filhos.

O conhecido teólogo norte-americano, John Piper falou sobre alguns questionamentos que os cristãos devem fazer a si mesmos antes de assistir ao filme tão comentado.

Confira abaixo, esta lista de 7 perguntas que o pastos sugeriu:

1. Quando eu deveria arrancar meu olho, se não fosse agora?

Jesus disse que todos que olhassem para uma mulher a cobiçassem, já estariam cometendo adultério com ela em seus corações. "Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e jogue-o fora" (Mateus 5: 28-29). Ver mulheres nuas na tela - ou homens nus - faz com que um homem (ou mulher) pequem em suas mentes, seus desejos e, muitas vezes, com seus corpos. Se Jesus nos disse para guardar nossos corações, arrancando os nossos olhos para evitar a luxúria, quanto mais ele diria: "Não assista!".

2. Estou desejando ver Deus?

Eu quero ver e conhecer a Deus, tanto quanto possível nesta vida e na próxima [eterna]. Assistir a cenas nudez é um grande obstáculo para alcançar este objetivo. "Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus" (Mateus 5: 8). A impureza da mente e do coração, quando observam a nudez prejudica a capacidade do coração de ver e apreciar Deus. Eu desafio qualquer um a assistir cenas de nudez e se virar diretamente para Deus e dar-lhe graças pelo o que você acabou de experimentar.

3. Eu me preocupo com as almas dessas pessoas que estão nuas?

Deus chama as mulheres para usarem trajes respeitáveis com modéstia e auto-controle (1 Timóteo 2: 9). Quando nós apoiamos a nudez em nosso entretenimento, estamos endossando implicitamente o pecado das mulheres que se vendem desta forma e somos, portanto, indiferentes sobre suas almas. Elas desobedecem o que está em 1 Timóteo 2: 9, e se simplesmente assistimos, dizemos que está tudo bem.

4. Será que eu estaria satisfeito se minha filha desempenhasse esse papel?

A maioria dos cristãos são hipócritas quando assistem à nudez, porque, por um lado, dizem que não há nada de mal em simplesmente observar a cena, mas, por outro lado, sabemos que no fundo eles não gostariam que suas filhas, sua esposa ou sua namorada para atuassem desta forma. Isso é hipocrisia.

5. Estou achando que nudez pode ser 'de mentira'?

A nudez não é como o assassinato ou violência na tela. A violência em uma tela é faz de conta; ninguém está realmente morto. Mas a nudez não é de faz de conta. Essas atrizes estão realmente nuas na frente das câmeras, fazendo exatamente o que o diretor diz que têm que fazer com as pernas, as mãos e os seios. E elas estão nuas na frente de milhões de pessoas que as assistem.

6. Estou achando que a nudez é necessária para uma boa arte?

Não há um grande filme ou série de televisão que precise de nudez para acrescentar valor à sua grandeza. Não. Não há. Há maneiras criativas de ser fiel à realidade sem transformar o sexo em um esporte para espectadores, e sem colocar atores e atrizes em situações moralmente comprometedoras no set de filmagem.

Não há integridade artística quando se está dirigindo nudez nas telas. por trás de tudo isso, há o apetite sexual masculino dirigindo este negócio e, em seguida, a pressão dos colegas na indústria e o desejo de classificações que vendem. Não é a arte que coloca a nudez no cinema; é o apelo da lascívia para vender.

7. Eu estou isento de dúvidas?

Há uma orientação bíblica que torna a vida muito simples: "Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado"(Romanos 14:23). Minha paráfrase é: Se você tem dúvida, não faça. Isto iria alterar os hábitos de visualização de milhões, e como seria bom dormir com a sua consciência tranquila.

Então eu digo novamente: Junte-se a mim na busca do tipo de pureza que busca a Deus, e conhece a plenitude da alegria em Sua presença, e o prazer eterno à Sua mão direita.

veja também