Departamento de Aviação Civil investiga acidente ocorrido com avião de Myles Munroe

Acredita-se que condições desfavoráveis como uma forte chuva podem ter contribuído para que o acidente acontecesse.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 12 Novembro de 2014 as 9:07

Departamento de Aviação Civil investiga acidente ocorrido com avião de Myles MunroeDifíceis condições meteorológicas foram provavelmente parte dos fatores que resultaram no acidente com o pequeno avião que matou nove pessoas, incluindo um proeminente ministro cristão Dr. Myles Munroe e sua esposa, em Grand Bahama. As informações foram confirmadas pelo ministro das relações exteriores.

Segundo o chanceler Fred Mitchell, uma chuva pesada caía sobre a região, quando o avião executivo Lear Jet 36 (que levava Munroe e mais oito pessoas) atingiu um guindaste, em Freeport enquanto tentava aterrissar.

Mitchell disse que um vôo comercial da empresa "Bahamasair" fazia a mesma rota, a partir de Nassau para Freeport, mas retornou porque a aterrissagem era impossível devido às condições de tempo.

Autoridades da aviação civil iniciaram uma investigação do caso na última segunda-feira, 10/11. Mais detalhes ainda devem ser revelados.

Prestígio
Nascido em 1954 na capital da Nassau das ilhas, Munroe fundou o Bahamas Fé Ministries International (maior igreja cristã das Bahamas) no início de 1980, depois de estudar na Universidade Oral Roberts, uma escola de artes liberal cristã em Tulsa, Oklahoma.

Carismático, o pastor rapidamente se tornou um líder religioso influente entre muitos cristãos evangélicos, dando sermões em todo o mundo e, ocasionalmente, aparecendo em programas populares do televangelista Benny Hinn.

Ele também era um palestrante motivacional e autor de vários livros, incluindo o best-seller 2008 'God's Big Idea: Reclaiming God's Original Purpose for Your Life'. ("Grande Ideia de Deus: Buscando o Propósito Original para Sua Vida".

A morte de Munroe surpreendeu, não somente o seu país de origem (Bahamas), mas também pessoas em diversas partes do mundo.

"É absolutamente impossível medir a magnitude da perda do Dr. Munroe para as Bahamas e para o mundo", disse o primeiro-ministro Perry Christie. "Ele foi, indiscutivelmente, uma das figuras mais reconhecíveis no mundo religioso, que nosso país já teve".

Já o Bispo Carlton Pearson afirmou que acredita no propósito de Deus, mesmo em meio a uma fatalidade como esta.

"Em momentos como estes, eu não tentar descobrir as coisas, eu só sei que todas as coisas, em última instância figurar em um propósito maior e mais alto que nunca pode compreender plenamente nesta realidade atual limitada," disse o ministro, que era amigo de Munroe.

Com informações do Daily Mail

*Tradução por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também