Depois de sucesso na estreia, filme 'Metanoia' conta com público para permanecer em cartaz por mais tempo

Segundo relatos do público, as salas de cinema foram lotadas nos primeiros dias de exibição. Muitos foram tocados por Deus e avivados pelo Espírito Santo durante o filme.

fonte: Guiame, com informações da Assessoria de Imprensa

Atualizado: Terça-feira, 19 Maio de 2015 as 3:40

Caíque Oliveira representando Eduardo durante gravações de Metanoia.
Caíque Oliveira representando Eduardo durante gravações de Metanoia.

 

Nos primeiros dias de exibição, o filme cristão "Metanoia" foi um grande concorrente de produções seculares, e saiu na frente. O longa que aborda a séria questão da dependência do crack, teve a melhor média de público por sala de um filme nacional. Entre os lançamentos da semana,  Metanoia conquistou a segunda melhor média de público. Além disso, a produção alcançou a terceira melhor média de público entre os dez filmes mais assistidos no fim de semana.

Com distribuição da Europa Filmes e co-produção da Companhia de Artes Nissi e 4U Films, o longa-metragem está em cartaz em 48 salas distribuídas por 16 Estados brasileiros. Segundo relatos do público, as salas de cinema foram tocadas pela história de Eduardo, o jovem que se envolve com o crack e chega a viver na Cracolândia, em São Paulo, e as desesperadas investidas de sua mãe Solange para resgatar seu filho do submundo da droga. 

"Acabei de assistir o filme e queria dizer o quanto estou impactada... Lindo, lindo, lindo. Numa sessão lotada aqui em Guarulhos, no final palmas e vozes glorificaram o nome de Jesus... nunca vi nada igual", disse uma jovem nas redes sociais.

"Incrível. Muita unção, muita gente chorando. Na cena da libertação, a presença de Deus era muito forte na sala, pessoas falando em línguas e glorificando o nome do Senhor. Foi muito forte", compartilhou um rapaz. "Depois que o filme Metanoia acabou a sala do cinema foi tomada pelo Espírito Santo e todos falaram em línguas! Como não sentir a presença de um Deus tão real?", questiona outra pessoa.

Ainda que a estreia tenha sido um sucesso, as sessões desta segunda, terça e quarta-feira são decisivas para que o filme continue em cartaz e chegue em mais cidades. Por isso, a equipe do filme continua sua campanha de incentivo ao público. A verba arrecadada na bilheteria será convertida para a construção de uma clínica de reabilitação voltada a dependentes químicos em Ibiúna, interior de São Paulo.

veja também