Descobertos em Israel, restos de sinagoga onde Jesus teria ensinado

A sinagoga de Magdala é uma das sete descobertas em Israel, as quais estiveram em uso durante o primeiro século (D.C).

fonte: Guiame

Atualizado: Quinta-feira, 15 Maio de 2014 as 3:18

Foram descobertos recentemente, durante escavações na região do Mar da Galileia (Israel), restos de uma antiga sinagoga na qual Jesus possivelmente teria pregado uma de suas mensagens.

Apesar da preciosa descoberta, as escavações não tinham objetivos arqueológicos. A ação foi realizada, atendendo à uma exigência de ordem de segurança do governo de Israel ao Rev. Juan M. Solana, que havia adquirido quatro lotes de uma propriedade privada próximo a Mgdal (cidade natal de Maria Madalena) e já tinha planos de construir um resort no local.

Arqueólogos dizem ter encontrado um bloco de pedra que provavelmente foi usado como uma tabela / quadro onde a Torah foi lida. Funcionários afirmam que o bloco é uma réplica em miniatura do Segundo Templo em Jerusalém.

A sinagoga de Magdala é uma das sete descobertas em Israel, as quais estiveram em uso durante o primeiro século (D.C).

Acredita-se também que Jesus não só passou uma quantidade de tempo significativa nesta área, mas, possivelmente, ensinou na sinagoga recém descoberta.

"Nós não entendemos completamente o poder dessa pedra ainda. Quem fez isso viu o templo com seus próprios olhos", disse Arfan Najar, arqueólogo e co-admnisitrador da escavação Magdala.

Enquanto os planos de construção tiveram de ser alterados devido aos resultados, uma parte do dinheiro necessário para que Solana complete o seu empreendimento foi levantado. 100.000 mil dólares foram arrecadados, porém esta quantidade é apenas um terço do orçamento total necessário para a conclusão.

Chamado "Magdala Center", o hotel situa-se em 20 hectares de terra e pode acomodar até 300 convidados.

Com informações do New York Times / Christian Head Lines

*Tradução por João Neto

veja também