Detentos glorificam a Deus após batismo em massa dentro de prisão nos EUA

Trinta homens e nove mulheres da prisão Durham County, na Carolina do Norte foram batizados no último domingo (3), alguns deles chorando de forma incontrolável depois de sentir o poder do Espírito Santo dentro deles.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Sexta-feira, 8 Julho de 2016 as 9:20

Os detentos recém-batizados se sentiram abençoados pelo fato de terem Jesus Cristo para lhes mostrar o caminho. (Foto: Reprodução).
Os detentos recém-batizados se sentiram abençoados pelo fato de terem Jesus Cristo para lhes mostrar o caminho. (Foto: Reprodução).

Eles eram assassinos, estupradores e cometeram outros tipos de crimes. Mas quando eles saíram da água, saíram como cristãos recém-batizados, lançando fora seus próprios pecados e começando uma nova vida como seguidores de Cristo.

Trinta homens e nove mulheres da prisão Durham County, na Carolina do Norte foram batizados no último domingo (3), alguns deles chorando de forma incontrolável depois de sentir o poder do Espírito Santo dentro deles.

O batismo de cristãos convertidos vem acontecendo no centro de detenção durante anos, um trabalho que envolve cerca de 30 ministérios da igreja. Mas o batismo em massa do último domingo foi especial. As informações são dos dois capelães que administraram os ritos, além do capelão da prisão, o Major Julian Couch e o capelão Vinny Abbruscato de Trinity Outreach Inc.

Dois dias antes, os dois capelães foram para a instituição correcional para mulheres e viram "o poder do Espírito Santo". Abbruscato disse que eles viram muitas das presas chorando incontrolavelmente, dizendo que queriam ser salvas.

"Eles foram tocados de maneira poderosa. Era como uma espécie de experiência pentecostal", disse à CBN News. "Acredito que isso foi o palco do que realmente aconteceu no domingo", disse.

Naquele domingo, Abbruscato e Couch batizaram 39 presos em uma das duas pequenas piscinas rasas criadas em um estacionamento do centro de detenção. "Alguns dos presos saíram da água chorando, glorificando o Senhor. Eu vi um monte de mudanças nessas vidas", disse Abbruscato. "Agora eles conduzem estudos bíblicos, eles são tão agradáveis".

"O batismo nas águas significa que quando eles afundam, eles deixam lá o velho homem. E quando eles sobem, voltam como novas pessoas em Cristo", explicou Abbruscato. Couch disse que o batismo e outras atividades que estão sendo realizadas pelos ministérios da igreja na cadeia Durham County tiveram resultados positivos.

"Ele deu início a uma nova atmosfera. As coisas estão um pouco mais moderadas", disse ele. "Eu posso definitivamente ver uma mudança na atmosfera e nas instalações", acrescentou. Os dois capelães estão planejando a realização de mais batismos dentro da instalação. Eles acreditam que isso eleva as vidas de mais presos.

"Nós começamos a orar regularmente anos atrás para que Deus nos desse sabedoria e direção em como podemos agira sobre essa mudança", disse Couch. "E agora vemos que as coisas estão fluindo".

Os detentos recém-batizados se sentiram abençoados pelo fato de terem Jesus Cristo para lhes mostrar o caminho para levar uma vida cristã. "É a minha fé", disse o detento Reginaldo Minor. "Eu sou um cristão. Como todos os cristãos, acreditamos que Jesus é o caminho", finalizou.

veja também