Dilma Roussef afirma ter apoio de evangélicos, mas gera protestos nas mídias sociais

Segundo a assessoria de imprensa da candidata petista, "Lideranças evangélicas se reuniram em São Paulo para oficializar o apoio à reeleição". A nota oficial tem gerado protestos de cristãos nas mídias sociais.

fonte: Guiame

Atualizado: Segunda-feira, 29 Setembro de 2014 as 10:02

Dilma Roussef afirma ter apoio de evangélicos, mas gera protestos nas mídias sociaisNo último sábado, 27/09, Dilma Rousseff (PT) se reuniu com líderes evangélicos em São Paulo (SP). Em nota oficial, publicada em sua página do Facebook, a assessoria de imprensa da candidata petista destacou que o encontro serviu para que "oficializar o apoio à reeleição" de Dilma.

A postagem também foi acompanhada de uma imagem com a frase "Evangélicos oficializam apoio à reeleição de Dilma".

Anfitrião do evento, o Pastor Luciano Luna afirmou que “o estado está saturado de 20 anos da mesma coisa. Existe um sentimento de mudança na governabilidade”. O líder também citou o PT como uma boa opção de governo para o Brasil e para São Paulo.

Porém a nota oficial publicada na fanpage de Dilma tem gerado divergências e protestos nas redes sociais. Diversos internautas - entre eles, muitos evangélicos - têm criticado a generalização proposta na nota.

Coincidência ou não, o encontro aconteceu um dia após o encontro de Marina Silva (PSB) com aproximadamente 300 pastores, também em São Paulo.

Em seu perfil oficial do Facebook, a pastora e jornalista Adriana Bernardo compartilhou e comentou a nota.

"Me 'incluam' fora dessa! Como assim: TODOS! Estão bem enganados, hein...", disse Adriana, criticando a chamada da nota que dizia "Todos com Dilma".

Confira abaixo outros comentários de protesto, postados em resposta á nota oficial.

Midian Araujo: "MENTIRAAAA Sou evangélica e não voto nunca na Dilma"

Alcibiades Santos: "Sou evangelico e não compactuo com isso!"

Henrique Morais: "Sou um servo de Deus e não faço parte deste grupo, acho que deve ser mais um daqueles grupos que só existe na propaganda da Dilma, francamente. #fora_PT"

Fellipe Lopes: "Eu sou EVANGÉLICO e não Apoio a Dilma!! #DilmaNÃO"

Alice Barros: "Sou evangélica e NÃO APOIO a reeleição de Dilma!"

Jonathan Santos: "Sou evangélico e não voto nem apoio esse governo de esquerda. Tudo que Dilma falou nas igrejas em 2010,foi contrário as suas atitudes depois de assumir a presidência".

Leonardo Pratas: "Quais evangélicos??? Porquê eu não! NUNCA!"

Por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também