Diminui o número de americanos que acreditam em Deus com 'certeza'

O número de pessoas que oram todos os dias, frequentam os cultos regularmente e consideram a religião algo importante em suas vidas também caiu em margens significativas, indica pesquisa.

fonte: Guiame, com informações de Christian Today

Atualizado: Terça-feira, 3 Novembro de 2015 as 11:14

Os norte-americanos estão se tornando menos religiosos e aceitando, cada vez mais, a homossexualidade. (Foto: Reprodução/ Lloyd Stebbins)
Os norte-americanos estão se tornando menos religiosos e aceitando, cada vez mais, a homossexualidade. (Foto: Reprodução/ Lloyd Stebbins)

Uma recente pesquisa indicou que, no geral, os norte-americanos estão se tornando menos religiosos e aceitando, cada vez mais, a homossexualidade.

A proporção de americanos que tem a "certeza absoluta" de que Deus existe caiu de 71% para 63% de 2007 até 2014. O número de pessoas que oram todos os dias, frequentam os cultos regularmente e consideram a religião algo importante em suas vidas também caiu em margens significativas.

Pessoas sem afiliação religiosa, conhecidos como "sem religião", hoje respondem por 23% da população adulta, comparado com 16% em 2007.

A pesquisa foi feita com mais de 35 mil adultos norte-americanos pela Pew Research. O instituto descobriu que entre as pessoas que pertencem a uma religião, não houve nenhuma queda perceptível. Muitos ainda são devoto, mas até entre estes, há uma crescente aceitação da homossexualidade.

"A América está se tornando menos religiosa? Depende de onde você olha. Se você está olhando para o público como um todo, então a resposta é sim — nós encontramos pequenos, mas significativos declínios estatísticos na crença em Deus e em várias outras medidas convencionais de compromisso religioso. Mas se você se concentrar apenas em pessoas que dizem pertencer a uma religião — e essa é a grande maioria dos americanos — são, em geral, tão religiosos como eram no passado", explica o pesquisador Gregory Smith.

O estudo mostra que nem todos os "sem religião" são não-crentes. Na verdade, a maioria dos americanos sem afiliação religiosa afirmam acreditar em Deus. Mas eles não são atentos.

"Os 'sem religião' não estão apenas crescendo em números, mas também se distanciando ainda mais do tradicional, da religião institucional. Seu crescimento como parcela da população, juntamente com um declínio da prática religiosa, é um fator chave por trás da modesta queda geral nas taxas de crença e prática religiosa do país", disse Alan Cooperman, diretor de pesquisa de religião na Pew Research.

veja também