"Eduardo Cunha não representa o povo evangélico", diz deputado Ezequiel Teixeira

Já em 2015, o deputado e pastor Ezequiel Teixeira havia declarado que os pastores que apoiaram a campanha de Eduardo Cunha à presidência da Câmara deveriam "pedir perdão a Deus".

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 6 Maio de 2016 as 8:52

Pastor Ezequiel Teixeira é deputado federal pelo partido Solidariedade - RJ. (Foto: Agência Câmara)
Pastor Ezequiel Teixeira é deputado federal pelo partido Solidariedade - RJ. (Foto: Agência Câmara)

Na última quinta-feira (5), o deputado federal pastor Ezequiel Teixeira (Solidariedade - RJ) voltou a comentar as acusações feitas contra Eduardo Cunha e também o apoio que o presidente da Câmara - agora afastado por medida liminar - chegou a receber de pastores.

Já em novembro de 2015, Teixeira havia se posicionado sobre este assunto, com um texto, que também foi noticiado pelo jornalista Lauro Jardim, em seu blog do jornal O Globo.

"Quero deixar um recado aos pastores e líderes que apoiaram esse senhor [Cunha]: peçam perdão a Deus, à Igreja e ao povo brasileiro", disse o pastor em seu texto.

Apesar de ele não concordar com o apoio que foi dado a Cunha, Texeira destacou em sua publicação da última quinta-feira, que este também não seria o momento de simplesmente abandonar parlamentar afastado de seu mandato.

"Quero deixar claro que Eduardo Cunha não representa o povo evangélico. Infelizmente, durante a campanha, vários pastores e lideres apoiaram Eduardo", lamentou.

"Espero que esses lideres e pastores não o abandonem, ao contrário devem pregar o verdadeiro evangelho para ele. Quem sabe se converte? Repito: Não deixem de pedir perdão, só Deus sabe quanto custou esse apoio", disse.

Citado por Lauro Jardim como um "ex-aliado de Cunha", Pr. Ezequiel tratou de "corrigir" tal informação.

"Em tempo, esclareço que nunca fui aliado de Cunha, ao contrário, disputamos eleição para o mesmo cargo", destacou.

Ap. Ezequiel lidera junto à sua esposa, Márcia Teixeira, a comunidade cristã Projeto Vida Nova de Irajá (RJ).

veja também