Em texto, pastor Renato Vargens explica o porquê de não participar da Marcha Para Jesus

"Na maioria das vezes, a Igreja marcha por nada", escreve o pastor em seu artigo

fonte: Guiame

Atualizado: Quarta-feira, 3 Junho de 2015 as 11:01

Imagem da Marcha Para Jesus em Curitiba
Imagem da Marcha Para Jesus em Curitiba

No dia 30 de maio, último sábado, aconteceu a Marcha Para Jesus no Rio de Janeiro. E neste sábado (4) será a vez da cidade de São Paulo receber o evento.

O pastor Renato Vargens, da Igreja Cristã da Aliança, escreveu em seu blog um texto intitulado '5 razões porque eu não participo da Marcha Para Jesus'.

No texto, ele lista e explica cada um dos motivos que o faz não se unir aos adeptos da Marcha.

"A visão teológica dos idealizadores da marcha diverge em muito do ensino das Escrituras", escreve ele sobre a primeira razão, destacando não concordar com a ideia de que uma nação pode ser transformada através de atos proféticos.

A ênfase ao entretenimento é outro ponto em que o pastor diverge da organização do evento. "Do ponto de Vista das Escrituras, Deus jamais pode ser usado como fonte de lazer. A Igreja não foi chamada por Cristo para promover entretenimento."

O uso da Marcha para promover alguns irmãos e líderes evangélicos na política também é criticado por Vargens, bem como o fim comercial.

No último ponto listado, o pastor pondera a respeito do objetivo da Marcha. "Na maioria das vezes, a Igreja marcha por nada. Ouso afirmar que a igreja marcha para dizer ao país que somos muitos e que mediante Cristo todos podem prosperar e ser felizes."

Para concluir seu artigo, Renato Vargens imagina quão diferente seria ver um milhão de pessoas chorando diante do Senhor, pedindo perdão pelos pecados cometidos no país, entre outras atitudes.

 

veja também