Em um ano, Igreja Batista da Lagoinha ganha mais de 5 mil novos membros

Também neste ano, a igreja ganhou novos pastores, consagrados ao ministério da Palavra. Assim, vários bairros da capital mineira receberam uma IBL.

fonte: Guiame, com informações do jornal Atos Hoje

Atualizado: Segunda-feira, 28 Dezembro de 2015 as 12:54

André Valadão prega em novo templo da Igreja Batista da Lagoinha (Foto: Jean Assis)
André Valadão prega em novo templo da Igreja Batista da Lagoinha (Foto: Jean Assis)

A Igreja Batista da Lagoinha (IBL) ganhou 5.367 em 2015. De acordo com o jornal semanal Atos Hoje, distribuído gratuitamente na sede da Lagoinha, Márcio Valadão, pastor presidente, recebeu um direcionamento de Deus para que 2015 fosse o “Ano da Comunhão”, com o objetivo de “conhecer e se aproximar das pessoas, estreitar os laços, alcançar a plenitude da vida e compartilhar a alegria de sermos cidadãos dos céus”, informa. “Fomos ensinados sobre a importância da unidade, de participar das celebrações, fazer parte de uma célula, sermos discipulados e discipuladores. Com tantos ensinamentos nos fortificamos”, publicou o periódico.

Também neste ano, a igreja ganhou novos pastores, consagrados ao ministério da Palavra. Assim, vários bairros da capital mineira receberam uma IBL. “Nossa igreja nasceu em várias regiões da capital mineira, do estado, do Brasil e do mundo”, afirma o jornal.

Em entrevista exclusiva para o Portal Guiame, Reinaldo Mascarenhas, ator do Ora Pro Nóbis, grupo teatral da Lagoinha, contou como chegou a congregar na Lagoinha. “A princípio quando fui pra Lagoinha, foi debaixo da direção de Deus. Congregar lá é uma honra, pois é uma igreja de visão, com propósito. Uma igreja avivada. Pastor Márcio nosso líder maior é um homem visionário e totalmente sensível a voz de Deus”, relatou.

Reinaldo também compartilhou sua opinião sobre ter várias IBLs pela cidade. “Eu acho uma boa iniciativa, pois dessa forma o alcance será maior, mais vidas receberão a mensagem do evangelho, sem contar que em cada canto da cidade, um altar de adoração ao rei está sendo levantado, estabelecido. Muitas das vezes, as pessoas tem vontade e ir a Lagoinha sede, porém ficam impossibilitadas devido a questão do deslocamento (transporte, trânsito). Com núcleos de Lagoinha em vários bairros, o acesso fica mais fácil”, afirma.

A igreja tem a missão de ganhar 10% de Belo Horizonte para Jesus. “As mãos foram dadas para evangelizar Belo Horizonte e Região Metropolitana. Oramos juntos pelo nosso país, intercedemos e promovemos trabalhos para crianças, jovens, famílias e necessitados. Acolhemos irmãos em situações de guerra e desastre”, diz o semanal.

Células

Com a inauguração da IBL em várias localidades, novos irmãos foram atraídos para participarem das células. Atualmente, a igreja conta com 1.600 células. “Nosso alvo para 2016 é que as células se multipliquem no mínimo uma vez”, informa.

veja também