Escola Profética com Benny Hinn reuniu cerca de 3.500 líderes cristãos em Campinas (SP)

Benny Hinn ministrou sobre o que é unção, o que leva uma pessoa a ser ungida e até mesmo os riscos que existem na vida de um homem de Deus que tem unção no ministério, mas a perdeu na vida pessoal.

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 20 Fevereiro de 2015 as 9:13

Cerca de 3.500 líderes de igrejas reunidos na Igreja Batista das Amoreiras, em Campinas, para a Escola Profética.
Cerca de 3.500 líderes de igrejas reunidos na Igreja Batista das Amoreiras, em Campinas, para a Escola Profética.

 

Cerca de 3.500 líderes de igrejas de todo o País se reuniram na tarde desta quinta feira (19) na Escola Profética conduzida pelo Ministério Joel Engel, que aconteceu na Igreja Batista das Amoreiras, em Campinas, interior paulista.

Como parte da conferência Mergulhados na Presença, a Escola Profética manteve o tema Unção de Elias. Seguindo a linha do tema, Benny Hinn, um dos pregadores mais conhecidos no mundo, ministrou sobre o que é unção, o que leva uma pessoa a ser ungida e até mesmo os riscos que existem na vida de um homem de Deus que tem unção no ministério, mas a perdeu na vida pessoal.

O Pastor Rafael Borges, que recebeu o evento em Campinas este ano, considera a conferência um acontecimento milagroso. “Um evento desse é um milagre. Reunir líderes de denominações e vertentes diferentes, mas na mesma fé. É muito importante para a cidade e para a relevância do Reino de Deus aqui em Campinas”, disse em entrevista exclusiva ao GUIAME.

Com a presença de Joel Engel, Benny Hinn, e outros líderes como Edino Melo, Neuza Itioka, Renê Terra Nova e Adilson Silva, o evento teve foco na liderança brasileira. “Quando nós fazemos um trabalho em um estádio, e um pastor como o Benny Hinn ministra bênçãos, aquelas pessoas são abençoadas, levam a benção com elas, e ponto, acabou. Quando você abençoa líderes, esses líderes compartilham a benção com todos os seus liderados”, disse o Pastor Rafael Borges.

Borges explica que primeiramente, é necessário que os líderes sejam abençoados para que a porção de Deus seja multiplicada. “Aqui nós temos 3.500 líderes e eu não consigo imaginar quantas pessoas serão alcançadas, porque cada um representa, no mínimo, 300 ou 500 pessoas. Alguns representam 30 mil pessoas, e eles vão compartilhar aquilo que receberem hoje de Deus com todos seus liderados”, comentou.

Como responsável pelo evento, Borges não escondeu sua grande expectativa pela porção vinda do altar. “Não conseguiremos calcular hoje, pelo impacto e pela beleza do trabalho. É um rompimento no reino espiritual, que vai acontecer a partir de Campinas, abençoando todo o Brasil”, finaliza.

 

 

veja também