Estudantes de Nova York alegam que sua escola tenha proibido criação de clube cristão

Segundo contou a estudante fundadora do grupo, a escola teria recusado a criação do clube por este ter caráter religioso.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 19 Novembro de 2014 as 11:04

Estudantes de Nova York alegam que sua escola tenha proibido criação de clube cristãoOs alunos de uma escola de ensino médio de Nova York estão alegando que a criação de seu clube cristão foi proibida pela administração. Liz Loverde, uma estudante do segundo ano da Wantagh High School disse que ela teve a idéia de formar o grupo "Dare to Believe" ("Ouse Acreditar") como uma saída para que os alunos escapassem dos julgamentos preconceituosos do ensino médio.
 
"Eu quero ajudar os adolescentes. Eu vejo que a minha escola é está cheia de pessoas que sofrem com bullying e depressão e é triste caminhar todos os dias por aqui e ver isso. Eu encontrei a minha resposta através do Cristianismo e por isso eu só quero compartilhar isso", disse a aluna.
 
A estudante de 16 anos de idade, ainda contou que a administração da escola negou o status do clube, porque este é baseado na fé, o que não é permitido no campus.
 
Jeremy Dys, do Instituto pela Liberdade está representando Loverde e outros estudantes cristãos do grupo "Dare to Believe". Ele disse que Loverde recorreu ao requerimento adequado para a criação do clube e o diretor da escola "empurrou-a de volta", dizendo: "Oh isto é sobre o clube cristão, você não pode dar prosseguimento a isto no campus".
 
"Todos os alunos têm o direito de se encontrar no campus, e eles não podem ser negados simplesmente por causa de sua fé", disse o representante.
 
A diretoria da escola sustenta que não rejeitou a formação do clube.
 
Um comunicado do distrito escolar disse: "Como é necessário com todos os clubes de estudantes, o protocolo e os procedimentos apropriados devem ser seguidos e implementados antes de o clube pode ser formalmente reconhecido. O distrito está actualmente a rever este pedido".

Com informações do Christian Head Lines

*Tradução por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também