"Eu quero fazer filmes que honrem a Deus", diz ator de 'Quarto de Guerra'

T. C. Stallings confessou que a carreira de ator não estava inicialmente em seus planos, mas agora ele tem como propósito honrar a Deus com seu trabalho no cinema.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Domingo, 30 Abril de 2017 as 1:37

T. C. Stallings fez o papel do pai de família, Tony Jordan, no filme "Quarto de Guerra". (Foto: Gospel Herald)
T. C. Stallings fez o papel do pai de família, Tony Jordan, no filme "Quarto de Guerra". (Foto: Gospel Herald)

O ator T.C. Stallings está se tornando um rosto cada vez mais conhecido no cinema cristão. Após o seu papel no filme "Corajosos", ele se tornou protagonista no sucesso de bilheteria "Quarto de Guerra" e agora está divulgando a mais nova produção na qual atuou: "A Question of Faith" ("Uma Questão de Fé").

O atleta se tornou ator nem sempre sonhou em estar nas telas dos cinemas. Em entrevista à 'CBN News', ele revelou que a sua consagração de vida a Deus foi um processo.

"Se não fosse pelo Senhor, se eu não aprendesse que Jesus precisava ser Senhor da minha vida, eu não teria desistido da minha carreira no futebol [americano] para tentar vir e fazer isso ... isto não estava nos meus planos, é algo louco... Hollywood e essas coisas de tentar me tornar um ator", disse ele.

Stallings disse que o filme cristão "À Prova de Fogo" o inspirou a seguir sua carreira de ator.

"Todo mundo lá dentro chorando e falando sobre melhorar seus casamentos. Eu olhei aquilo e pensei: 'como um filme está fazendo isso com as pessoas?'. Então meu coração começou a bater pela atuação naquele momento", disse Stallings.

Stallings encara a carreira de ator como um chamado e não apenas uma carreira.

Em entrevista recente ao Gospel Herald, o ator afirmou que ele quer fazer filmes que honrem a Deus.

"Eu só quero me orgulhar do que faço", disse ele. "Eu não estou dizendo que se não é baseada na fé você não pode se orgulhar disto, mas eu tenho essa coisa comigo: onde quer que vá, quero filmes que honram a Deus. E, se eles não dizem o Seu nome ou não falam claramente sobre 'Jesus' ou sobre o 'Espírito Santo', está tudo bem, apenas não desonre Seu nome".

"Eu sempre quero estar orgulhoso do que faço, sempre quero ser capaz de dizer: 'Eu estou neste filme', e quando as pessoas acabam de assisti-lo, falam: 'Puxa! Eu desejava não ter visto isso. Eu gostaria que meus filhos não tivessem visto isso", acrescentou.

É uma lição que ele disse ter aprendido ao longo do caminho: colocar Deus em primeiro lugar e confiar em Suas promessas.

"A Bíblia sempre foi muito importante no jogo da vida", Stallings explicou. "Eu poderia apontar as promessas nas Escrituras que me mostram qual caminho eu deveria estar trilhando. O plano de Deus diz que vai ser difícil ... Ele diz que nesta vida você terá problemas, mas também afirma: Eu venci o mundo".


Lançamento
Agora, o mais recente filme no qual ele atuou, "A Question of Faith", conta as histórias de três famílias que estão enfrentando diferentes tragédias - que as leva a questionar Deus e Sua fidelidade. À medida que seguem o caminho da cura, descobrem o amor, a misericórdia e a graça de Deus.

"É uma história que é divertida de assistir, porque não despeja tudo imediatamente", contou Stallings, que interpreta o pastor Cecil King no filme. "Há três enredos diferentes e todos tâm a sua própria situação, que está enfrentando. A fé de cada um foi testada, e todos essas histórias convergem uma com a outra de uma forma muito interessante. Você vai chorar e vai rir".

veja também