Evangélicos protestam contra a perseguição aos cristãos na Espanha

Cerca de 250 evangélicos se reuniram esta semana em Madri, em frente ao prédio do Ministério do Exterior da Espanha.

fonte: Guiame, com informações de Christian Today

Atualizado: Quinta-feira, 3 Dezembro de 2015 as 3:31

A manifestação aconteceu em frente ao prédio do Ministério do Exterior da Espanha. (Foto: Actualidad Evangelica)
A manifestação aconteceu em frente ao prédio do Ministério do Exterior da Espanha. (Foto: Actualidad Evangelica)

Cerca de 250 evangélicos se reuniram esta semana em Madri, capital da Espanha, para protestar a perseguição feita aos cristãos em todo o mundo.

A manifestação aconteceu em frente ao prédio do Ministério do Exterior da Espanha. 

"Estamos aqui para dizer: Não há mais silêncio! Pedimos ao governo espanhol e ao Ministério das Relações Exteriores para denunciar a situação dos cristãos perseguidos por causa de sua fé, à União Europeia e às organizações globais como as Nações Unidas", disse um representante do Conselho Evangélico de Madrid.

A violência contra os cristãos "não é apenas injusta, mas também prejudica claramente os direitos humanos", continuou o representante.

De acordo com o site Evangelical Focus, muitos participantes seguravam cartazes que diziam: "Sem mais assassinatos" e "sem mais igrejas incendiadas". Outros usavam o símbolo árabe "Nazareno", declarando solidariedade aos cristãos sírios e iraquianos.
 
Ted Blake, diretor de Portas Abertas na Espanha, usou um alto-falante para discursar a respeito dos cristãos perseguidos na Nigéria pelo Boko Haram e outros grupos terroristas.

 

veja também