Evangélicos são proibidos de evangelizar em presídio de Aracaju 40SE41

Evangélicos são proibidos de evangelizar em presídio de Aracaju 40SE41

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:28

Na manhã do último sábado, 21, evangélicos foram impedidos de realizar cultos religiosos no Presídio Militar (Presmil), em Aracaju (SE).  Segundo um dos evangélicos que estavam no local, o trabalho de evangelização no presídio vem sendo realizado há mais de um ano. "Viemos do município de Carmópolis para evangelizar no presídio e fomos pegos de surpresa. Essa situação é constrangedora", disse Mário Cardoso.

O pastor evangélico da Ingreja Internacional Apostólica afirmou ainda que recentemente foi construída uma capela para a realização dos cultos no presídio. "Existe uma capela que todos os evangélicos ajudaram a construir e agora somos impedidos de entrar e levar a palavra de Deus", lamenta Mário.

O advogado da Caixa Beneficente da Polícia Militar, Marlio Damasceno, afirmou que a decisão é equivocada e que a Constituição Federal assegura o direito a cultos religiosos. "A determinação é equivocada porque o preso tem direito ao culto religioso assegurado pela Constituição Federal e pela Lei de Execuções Penais", esclarece o advogado que na próxima segunda-feira, 23, irá se reunir com os evangélicos para tomar posição junto a Justiça.

O Portal Infonet procurou o relações públicas da PM, Tenente Coronel Ornelas, mas o militar disse que não tinha conhecimento do fato. Tentamos um contato com o diretor do presídio, Tenente Coronel Sento Sé, mas não tivemos êxito.

Postado por: Felipe Pinheiro

Siga-nos

Mais do Guiame