Evangelista arma 'Tenda do Evangelho' e chama pessoas para orar em parque da Austrália

Bryan Stewart disse que não recolhe dízimos, nem ofertas durante os cultos que realiza na tenda. Apenas ora com as pessoas e prega a mensagem do Evangelho para elas.

fonte: Guiame, com informações do Advertiser

Atualizado: Segunda-feira, 27 Março de 2017 as 3:09

Bryan Stewart em frente à sua 'Tenda do Evangelho'. (Foto: The Advertiser)
Bryan Stewart em frente à sua 'Tenda do Evangelho'. (Foto: The Advertiser)

À sombra da Catedral de São Pedro e do outro lado da rua do estádio 'Adelaide Oval', um homem de Deus decidiu erguer uma tenda, convidando a comunidade ao redor para orar e ouvir a Palavra de Deus.

Bryan Stewart decidiu pegar a sua 'Tenda do Evangelho' e a instalou nos parques da avenida 'Sir Edwin Smith', em Adelaide do Norte (Austrália) e colocou uma placa de boas vindas, organizando uma sequência de informações sobre os horários de funcionamento e as programações que vão se estender até o próximo domingo.

É uma pequena operação e o evangelista Stewart não espera reunir multidões que resultem em mais de 30 ou 40 conversões. Ele foi treinado para este trabalho na Irlanda do Norte, antes de se mudar para a Austrália, há quatro anos, mas ele destacou que não é pastor ou bispo, e prefere ser conhecido apenas pelas apenas como um homem cristão.

"Eu sou simplesmente um evangelista que prega a Palavra de Deus... estamos aqui para representar a Bíblia e a mensagem do Evangelho", disse ele ao jornal local 'The Advertiser'.

"O que estamos fazendo aqui é mostrar a Bíblia às pessoas, dando-lhes um pouco da história sobre o impacto das Escrituras em nossa cultura, como este livro foi escrito, quando foi escrito, por quem ele foi escrito. E então algumas das mensagens do evangelho da Bíblia", acrescentou


Graça e Justiça
Quando questionado sobre o teor de sua mensagem, Bryan deixou claro que fala sobre a graça de Deus, mas também sobre o perigo do pecado e o destino daqueles que não se arrependem.

"É simplesmente a Palavra de Deus e, obviamente, isso inclui o amor, mas também o julgamento, a justiça de dEle", afirmou. "Então, sim, parte da mensagem é que há um preço a pagar por nossos pecados".

Bryan Stewart disse que não há coleta de dízimos ou ofertas durante os cultos que realiza na tenda.

"O que quer que façamos é livre. Nunca pedimos dinheiro, nunca procuramos as pessoas pelo dinheiro. Isso é importante porque atualmente há tanta falsidade lá fora que tudo acaba se focando no dinheiro e não é nisso que se baseia a fé", explicou.

"O que realmente apreciamos é que recebemos pessoas que nunca iriam para um templo, não gostam de igrejas. Eles gostam de vir aqui porque podem entrar como estão, e não há nenhum tipo de membresia ou afiliação (com igrejas específicas ou interpretações de fé)", acrescentou. "Acho que a maioria das pessoas tem muitas experiências negativas com igrejas lá fora e muitas dessas decepções estão relacionadas ao dinheiro".

Sr. Stewart diz que aqueles que assistem às reuniões noturnas, que começam em 19h30, aprenderão mais mostrados ao plano de salvação da fé cristã, que se encontra no livro de João, capítulo 3, versículo 16.

"A passagem diz que Deus amou tanto o mundo, que deu o Seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. É isso que nós pregamos em poucas palavras", disse ele.

veja também