Evangelista diz que ação demoníaca precisa ser 'discutida abertamente' nos lares e igrejas

A evangelista Becky Dvorak Ela diz que a possessão demoníaca não é um assunto popular, mas deve ser discutido abertamente. "É como pendurar nossa roupa suja fora de casa, para todo mundo ver".

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Quarta-feira, 20 Julho de 2016 as 11:50

Evangelista Becky Dvorak orando por homem em Maasai, Tanzânia. (Foto: Becky Dvorak)
Evangelista Becky Dvorak orando por homem em Maasai, Tanzânia. (Foto: Becky Dvorak)

Demônios estão ativos em casas e igrejas cristãs e esse problema deve ser abordado abertamente, "para que o povo de Deus seja liberto". A declaração foi feita por Becky Dvorak, uma evangelista que tem experiência no ministério de libertação.

Ela diz que a possessão demoníaca não é um assunto popular. "É como pendurar nossa roupa suja fora de casa, para todo mundo ver", diz Dvorak, acrescentando que esta é a razão pela qual "os cristãos estão sofrendo desnecessariamente".

Para tratar adequadamente esse problema, ela diz que a "escuridão que está espreitando entre o corpo de Cristo" precisa ser exposta.

Ela se lembra de um incidente quando ela estava ministrando em Malawi, na África Oriental.

"Durante uma campanha de cura, uma senhora ficou possessa e caiu de joelhos. Estendi a mão para tocá-la, quando, de repente, os espíritos demoníacos dentro dela começaram a gritar obscenidades para mim", ela escreve.

"Eu rapidamente avaliei a situação, pedindo autoridade a Cristo e mandando os demônios se calarem em nome de Jesus. Comecei a citar as passagens da Bíblia sobre o destino de Satanás e seus demônios. Os demônios me imploraram para eu parar e permitir-lhes que ficassem. Eu disse que não e em poucos minutos, aquela mulher foi liberta", diz Dvorak.

A evangelista de cura também citou três versos que atormentam os demônios:

Mateus 25:41, - "Então ele dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Malditos, apartem-se de mim para o fogo eterno, preparado para o diabo e os seus anjos."

Judas 1:6 - "E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia".

2 Pet. 2: 4 - "Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo".

Ela aconselha os cristãos a não "apenas se livrarem da morte, doenças e enfermidades", mas também a colocar a mão em seu corpo e "renunciar o espírito da morte com a autoridade que vem pelo sangue de Jesus Cristo".

veja também