Ex-astro do rock, Jason Fowler fala sobre sua conversão: “Jesus salvou a minha vida”

Depois de ser expulso da casa de um traficante e morar nas ruas dos Estados Unidos, ele clamou a Deus e conseguiu ver os estilhaços de sua vida sendo recompostos.

fonte: Guiame, com informações de Christian Today

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2016 as 5:53

Depois de ser expulso da casa de um traficante e morar nas ruas dos Estados Unidos, ele clamou a Deus e conseguiu ver os estilhaços de sua vida sendo recompostos. (Foto: Reprodução/Facebook)
Depois de ser expulso da casa de um traficante e morar nas ruas dos Estados Unidos, ele clamou a Deus e conseguiu ver os estilhaços de sua vida sendo recompostos. (Foto: Reprodução/Facebook)

A vida de Jason Fowler pode ser ouvida em suas músicas. Durante anos, o estilo de vida rock’n’roll fez com que ele atingisse o fundo do poço. Depois de ser expulso da casa de um traficante e morar nas ruas dos Estados Unidos, ele clamou a Deus e conseguiu ver os estilhaços de sua vida sendo recompostos.

"Fui criado em um lar cristão, mas comecei a me afastar de Deus e da igreja. Comecei a beber para me divertir, para lidar com situações da vida e me encaixar. Em pouco tempo eu estava contando com a bebida para tudo, em vez de confiar em Deus. Logo depois, comecei a fumar maconha. Ambos me deram uma falsa sensação de espiritualidade. Pensei que podia controlar e parar quando eu quisesse", disse ele em entrevista ao site The Christian Post.

A música sempre fez parte de Fowler, que idealizou a banda “Ultraphonic”. Enquanto isso, sua vida estava no ponto mais baixo. Ele rompeu os laços com sua família, amigos e até companheiros de banda por causa de sua dependência de drogas e álcool.

Fowler não tinha a quem recorrer, mas encontrou um amigo disposto a ouvi-lo: Jesus. "Eu disse: 'Deus ou quem quer que você seja, por favor, me ajude’. Eu quis dizer isso com tudo o que eu tinha deixado", disse o cantor.

"Depois que eu aceitei Jesus em minha vida, tudo começou a ficar melhor e melhor. É realmente como uma música. Eu comecei uma nova fase em minha vida, na minha família, com meus amigos e comigo mesmo. Eu comecei a me envolver na igreja e me juntei a equipe de louvor ", disse ele.

Hoje, Fowler está sóbrio há mais de 10 anos e está conduzindo a adoração no ministério “Celebrate Recovery” (“Celebrando a Recuperação”, em tradução livre).

"Nós alimentamos os desabrigados, fornecermos roupas, produtos de higiene pessoal e tocamos música para compartilhar Seu amor", relatou Fowler. "Adoro servir e compartilhar a história da redenção. Jesus salvou a minha vida, quero compartilhar minha história e Sua história de amor, misericórdia e graça através da minha música."

veja também