Ex-ator pornô fala sobre como Deus mudou sua vida: "O maior amor que já senti"

"Eu pedi a este Deus para mudar a minha vida. Para tirar a dor que que infligia sobre mim mesmo e aos outros. [...] Ele tomou conta de mim com tal poder e força que tudo o que eu podia fazer era chorar e agradecer-Lhe por Ele ser real. Sua resposta para mim foi: 'Eu sou real e eu estou aqui", relatou Greg.

fonte: Guiame, com informações do XXXChurch

Atualizado: Segunda-feira, 8 Fevereiro de 2016 as 1:59

Um dos focos do ministério 'XXXchurch' tem sido sempre aquelas pessoas que têm alguma relação com a indústria pornográfica. Durante os encontros realizados pelo projeto, grande parte delas se revela como pessoas comuns, como eu e você: eles têm sonhos para a vida, eles têm contas para pagar, eles têm pais e familiares e (ocasionalmente) até mesmo filhos.

A questão é que eles fazem algo diferente de muitos de nós para ganhar a vida. E, muitas vezes, aqueles que trabalham na indústria pornográfica gostariam de estar fazendo outra coisa, mas simplesmente não sabem como sair deste ramo.

Uma dessas pessoas que tiveram a oportunidade de compartilhar seus testemunhos, é Greg. Ele costumava atuar na pornografia usando o nome de "Randy Spears".

Confira abaixo, o testemunho impactante de Greg sobre o seu processo de conversão e como Deus tem transformado sua vida a cada dia:

"Eu tenho uma história. Todos nós temos. A minha não é a única, mas é altamente controversa para muitos. Um rebelde, talvez, mas certamente com uma causa. Eu fiquei tão acostumado a meu estilo de vida que ele se tornou 'normal' para mim. [...] A pornografia era o meu trabalho, minha vida, meu universo e eu estava profundamente imerso nele", contou.

Deixe-me fazer com que algo fique perfeitamente claro desde o início: Eu sou um cristão. Eu sempre fui.

No auge da minha carreira eu me declarava um 'cristão'. Fui criado assim e permaneci um 'cristão' ao longo da minha carreira. Mas eu tinha 'um pé dentro e um pé fora da igreja'. A dedicação à minha fé e ao meu Criador deu lugar ao estilo de vida que eu queria viver.

Deixe-me esclarecer outra coisa: Eu não odeio as pessoas que trabalham com a pornografia.

Eu não olho para eles de cima para baixo de forma a julgá-lo porque estão nesse negócio. Eles são meus amigos, e eu amo muitos deles. Como eu poderia julgar alguém? Isso me tornaria o maior dos hipócritas e iria contra a própria mensagem em que eu acredito. Eu nunca confrontei e nunca confrontarei ninguém de forma agressiva, usando o livro que eu acredito firmemente que foi inspirado por Deus, protegido através dos tempos, e que eu carrego debaixo do braço indo à igreja todos os domingos.

Eu não envio torrentes de 'mensagens de fogo e enxofre para os pecadores infelizes' que não se convertem dos seus maus caminhos. Eu não tenho nenhum palanque ou agenda política. Eu me canso só de pensar na energia que eu teria que gastar em tais façanhas. Deixo estas funções para aquele que salva: Deus.

O que eu faço, no entanto, é levar uma mensagem. A mensagem é simplesmente esta: existe um Criador.

Isso é muito maior que nós. Incrivelmente, há um Deus que não teve princípio e não tem fim. Ele sempre foi e é. É alguém incrível que nos ama pessoalmente e quer um relacionamento com cada um de Seus seres criados.

Eu pedi a este Deus para mudar a minha vida. Para tirar a dor que que infligia sobre mim mesmo e aos outros. Pedi para conseguir substituir tudo com verdade, amor, compaixão e uma maior compreensão do que significa a vida. Eu fiz as grandes perguntas e também as mesmas perguntas todo mundo faz. As mesmas perguntas que todos nós já fizemos, uma vez que somos seres humanos. Eu só pedi a Deus para mostrar-se para mim da forma que ele era realmente é. Eu tive uma resposta. Uma precisa, clara e indiscutível resposta.

Eu não estou dizendo que vi uma sarça ardente ou ouvi uma voz potente como foi encenado pelo ator Charlton Heston, no filme Os Dez Mandamentos (1956). Eu ouvi a voz de Deus de uma forma mais clara que isso! Eu senti Sua presença. Foi inegável, inconfundível. O maior amor que eu já senti. Ele tomou conta de mim com tal poder e força que tudo o que eu podia fazer era chorar e agradecer-Lhe por Ele ser real. Sua resposta para mim foi: 'Eu sou real e eu estou aqui'

Mas não foi apenas a pornografia que prejudicou a minha vida. Não foram apenas os traficantes de drogas que destruíram a minha vida.

Fomos eu e o que eu fiz com a pornografia, álcool e drogas, os responsáveis pela minha dor e pelos grandes danos.

Fazendo uma retrospectiva, a pornografia não foi a melhor escolha sobre o que eu queria fazer com a minha vida. Ela danificou a maneira como eu olhava para as mulheres e se tornou uma fonte de dinheiro, fama, mas também uma armadilha do meu ego. Eu usei drogas e bebida porque eu estava em meu próprio inferno particular e tentava entorpecer o caos. Se eu tivesse que fazer tudo de novo, eu teria desistido de tentar ser um ator de Hollywood e viveria uma vida totalmente diferente. Talvez seria um biólogo marinho - que era o meu sonho desde a juventude.

No fim das contas, a questão é esta: Deus é real.

Ele vai chegar e nos mostrar mistérios e grandes bênçãos. Devemos ter o desejo de caminhar com Ele em nossas vidas, no entanto. Trata-se de livre arbítrio. O problema é, não queremos ser responsabilizados. Se Deus é de verdade - e eu acredito que Ele é - então, realmente há uma prestação de contas a ser feita com Criador. Isso é apenas como tudo funciona. Somos egoístas e queremos viver da maneira que bem entendemos. A boa notícia é que nós podemos viver de forma diferente disso, se quisermos. Pelo poder de Deus, não pelo nosso. Ele foi tão longe, a ponto de enviar a si mesmo como um sacrifício. Tínhamos uma dívida que não poderíamos pagar, então Ele pagou esta dívida, que Ele não devia.

A verdade é a sua própria defesa. Afinal, só pode haver uma verdade. Eu acredito que Jesus é exatamente o que Ele disse que é. Essa verdade pode libertar você. Porque foi assim comigo".

veja também