Ex-mafioso se torna pastor e declara: "Jesus Cristo lavou o sangue das minhas mãos"

Ninguém jamais pensou que Robert "Bobby" Luisi Jr. poderia um dia se transformar em um pregador da Palavra de Deus, mas hoje ele afirma que sua vida é fruto de um milagre.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Domingo, 7 Agosto de 2016 as 2:50

Alonso Esposito hoje hoje testemunha a transformação que Deus tem operado em sua vida. (Imagem: Ministério Alonso Esposito)
Alonso Esposito hoje hoje testemunha a transformação que Deus tem operado em sua vida. (Imagem: Ministério Alonso Esposito)

Robert "Bobby" Luisi Jr. é um ex-chefe da máfia que se tornou pastor em Memphis, Tennessee (EUA) e hoje, náo perde a oportunidade de testemunhar a transformação que Deus operou (e ainda tem operado) em sua vida e afirmou que nunca mais fará mal a ninguém.

A promessa de Luisi é um grande problema, considerando que ele esteve envolvido em pelo menos seis assassinatos, em seus tempos de mafiosos.

"Eu estive envolvido em pelo menos uma meia dúzia de assassinatos, entre Filadélfia e Boston", confessou Luisi.

Agora transformado por Jesus e se dedicando ao seu ministério cristão, ele agora atende pelo nome de Alonso Esposito, depois de entrar em um programa federal de proteção a testemunhas. Mas o pastor não considera esta mudança de nome, apenas como parte do programa ao qual se submeteu para a sua próprpria segurança. Esposito afirma também que o seu "velho eu está morto".

"Eu amo ser Alonso Esposito. Bobby Luisi está morto e enterrado. O sangue de Cristo lavou o sangue das minha mãos", declarou.

Luisi lucrava cerca de 40.000 dólares por semana, apenas com o tráfico de cocaína. Além do comércio ilegal de drogas, o ex-chefe da máfia também é conhecido por ter roubado cerca de 500 milhões de dólares em obras de arte.

Naquela época, ninguém jamais pensou que Luisi poderia um dia se transformar em um pregador da Palavra de Deus, mas ele agora fundou o Ministério Alonso Esposito.

"A única chance que eu tinha que eu tive que lutar contra essa coisa [crime] estava em Jesus", disse Esposito.

"Eu tenho visto o poder do Seu nome. Eu tenho que seguir a minha fé e estar atento para ver o que o Senhor quer que eu faça. Eu nunca machucarei ninguém novamente. Agora eu tenho muito amor no meu coração".

Esposito admite que ele tem vergonha das coisas que ele fez no passado, mas ele não tem mais medo de enfrentar as consequências de suas ações. Agora, a sua única preocupação é limpar o seu nome e servir a Deus, dando o melhor de si.

O pastor afirma que sua vida hoje é fruto de um milagre, considerando que ele era um "mafioso temido, traficante de drogas, envolvido em extorsões" e agora, depois de ter sido transformado por Cristo, é um homem focado e que "não pisa fora da faixa".

 

veja também