Ex-muçulmano relata que sonhou com Jesus: "Meu corpo se encheu de paz"

O jovem Husain conta que, na mesma noite em que reconheceu Jesus como seu salvador, teve um sonho especial. "Ele [Jesus] colocou a mão em mim, e depois tocou a minha cabeça, e o meu corpo se encheu de paz", relatou.

fonte: Guiame, com informações do God Reports

Atualizado: Quarta-feira, 2 Março de 2016 as 8:59

Muçulmanos celebram o Ramadã, em uma mesquita de Nova Déli, na ìndia (Foto: AFP)

Husain* cresceu em uma região, considerada uma das mais difíceis do mundo para que o cristianismo consiga penetrar. Contudo, a história do então "muçulmano convicto" pode ser um exemplo de que os métodos divinos vão além da compreensão humana.
 
Segundo um relato de Husain, registrado pela Frontiers (EUA), o jovem muçulmano tornou-se insatisfeito com o islamismo. Depois que um programa de TV chamou a atenção do rapaz, ele entrou em contato com a emissora - afiliada à Frontiers - para obter mais mais informações sobre a mensagem que acabara de ouvir. Sua informação de contato foi repassada a um funcionário cristão da emissora, chamado Tony*, que agendou um horário para se encontrar com Husain.
 
Ao longo das semanas seguintes, eles (Tony e Husain) tiveram muitas conversas profundas sobre fé. Husain tinha vindo a perceber que o Islã não poderia fornecer todas as respostas para os seus questionamentos espirituais. A verdade da Palavra de Deus tornou-se a chave para destrancar a porta do coração do jovem.
 
Então, inexplicavelmente, semanas se passaram e Husain não retornou chamadas e mensanges de texto de Tony. Apesar de estar preocupado com o que este atraso poderia significa - alguma retaliação pela decisão de Husain em procurar saber mais sobre o cristianismo - Tony confiou no tempo de Deus.
 
Finalmente, o Husain respondeu aos contatos e Tony e convidou o seu novo amigo para ir à sua casa. As conversas com profundo teor espiritual voltaram a acontecer e, logo ficou claro que havia uma questão central incomodando Husain.
 
"Eu entendia muitas coisas que estavam na Bíblia, mas eu realmente não conseguia compreender a Trindade", disse ele. "Como poderia haver vários deuses?".
 
Tony não ficou surpreso com essa pergunta, porque muitos muçulmanos lutam contra a Trindade e a ideia de que Jesus é Deus.
À medida que o assunto era debatido entre os dois, de repente, Deus trouxe a Husain uma luz sobre assunto.
 
"Eu acho que entendi! É como o meu ventilador de teto", disse ele, na conversa com Tony. "Há três lâminas, mas estas ainda formam apenas um ventilador. Então, Jesus, o Espírito Santo e Deus são todos parte de Deus".
 
Os olhos de Husain começaram a encher-se de lágrimas. Ele estava pronto para se render a Jesus como seu Senhor e Salvador. "Eu quero ser um discípulo de Jesus", exclamava Husain, segundo o relato. "Isso é realmente o que eu quero". Muitas lágrimas rolaram pelo seu rosto enquanto ambos conversavam sobre o que significa seguir Jesus.
 
Em seguida, Husain sentiu algo incrível lhe invandindo. "Isto é tão incrível, esta paz dentro de mim", Husain exultou. "É como se um tipo de morfina se espalhasse pelo meu corpo ou algo assim! Eu tenho que dizer a meus amigos! E se eu conseguisse cinco pessoas para contar sobre o quão feliz eu estou agora?".
 
Naquela noite, algo notável aconteceu com Husain, marcando o início de sua caminhada na vida critã. Após Husain pegar no sono, ele teve um sonho poderoso, no qual ele estava em uma sala cheia de amigos. Todos pareciam muito desanimados. Muitos de seus amigos muçulmanos estavam tão tristes que seus rostos parecia contorcidos como animais.
 
De repente, um homem brilhante de branco entrou na sala. Ele olhou em volta, caminhou até Husain, e pegou sua mão.
 
"Ele colocou a mão em mim, e depois tocou a minha cabeça, e o meu corpo se encheu de paz. De repente, éramos os únicos no quarto. Apenas ficamos ali, em silêncio, e eu estava tão feliz".
 
Mais tarde, quando Husain falou sobre o sonho com Tony, seu amigo se animou e explicou: "Husain, aquele era Jesus!".
 
Depois disso, eles começaram a estudar a Palavra juntos e Husain afirmou: "Estou com tanta sede, eu simplesmente quero saber mais".
 
*Os nomes citados na matéria são fictícios, por razões de segurança dos próprios cristãos nela relatados.

veja também