Ex-namorada de assassino se encontra com parentes da vítima para orarem juntos

Joy Lane, a ex-namorada do homem que matou Robert Godwin e transmitiu tudo pelo Facebook, se encontrou com a família do idoso. Ela recebeu o perdão dos familiares.

fonte: Guiame, com informações do site Hello Christian

Atualizado: Terça-feira, 25 Abril de 2017 as 9:36

Os familiares de Robert são cristãos e perdoaram o assassino. (Foto: Reprodução).
Os familiares de Robert são cristãos e perdoaram o assassino. (Foto: Reprodução).

O idoso Robert Godwin estava passeando por uma rua em Cleveland, Ohio (EUA), no Domingo de Páscoa, quando ele foi abordado por um homem visivelmente agressivo. Era Steve Stephens, de 37 anos que insistentemente lhe pediu para dizer um nome, "Joy Lane". Logo em seguida, o homem atirou em Robert.

O horrível ato de violência foi transmitido por meio do Facebook. Steve acabou cometendo suicídio depois de ser rastreado pela polícia. Agora, a ex-namorada do assassino, Joy Lane, se encontrou com a família de Robert que ainda está aflita.

Os familiares de Robert são cristãos e eles disseram em uma entrevista para o canal FOX 8, na última segunda-feira (24) que queriam que Lane soubesse que não a culpavam pela morte do ente querido e queriam abraçá-la. Então, na manhã desta terça-feira, a reunião aconteceu. As três se abraçaram, choraram e oraram juntas.

"Eu me sinto mal. A última coisa que ele teria dito seria o meu nome e ele não me conhecia e nem sabia o motivo de estar dizendo isso", disse Lane às irmãs. Lane disse que a última vez que ela falou com Steve foi na noite de sábado, quando ele disse que havia deixado seu emprego e estava se mudando para fora do estado.

"Não é culpa sua", disseram as irmãs quando abraçaram Lane. "Nosso pai foi a nossa rocha que foi arrebatada de nós, não temos nada contra você ou Steve. Estou com raiva dele, sim, mas eu o perdoo".

Elas então oraram: "Nós te agradecemos, Senhor, pelo que permitiu que ele e nossa mãe ensinassem a nós, Senhor. Nós te agradecemos pelo Teu poder, amor e do perdão, Deus".

Confira o encontro emocionante:

veja também