Filme cristão sobre "namoro à moda antiga" será lançado no mesmo dia de "50 Tons de Cinza"

A distribuidora também lançou outro filme cristão, o qual surpreendeu nas bilheterias dos EUA: "God's Not Dead" ("Deus Não Está Morto"). US$ 60 milhões foram arrecadados (tendo custado apenas US$ 2 milhões).

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 1 Agosto de 2014 as 8:36

Filme sobre "namoro à moda antiga" será lançado no mesmo de "50 Tons de Cinza"Lançado na semana passada, o trailer do filme "50 Tons de Cinza" foi um fenômeno de acessos e compartilhamentos nas redes sociais. Sucesso também na literatura, o filme conta a história de uma jovem jornalista que se envolve com um mundo de perversão sexual.

Em apenas cinco dias, o vídeo ultrapassou 36 milhões de visualizações no Youtube. Mas parece que haverá uma concorrência no mínimo interessante nas bilheterias norte-americanas. A distribuidora Freestyle Releasing está programando lançar o filme "Old Fashioned" ("À Moda Antiga") no mesmo dia do longa que já é sucesso na literatura internacional (13/02 - Dia dos Namorados).

"Acreditamos que existem pessoas que esperam mais do amor - e do cinema - do que objetificação e dominação", declarou Rik Swartzwelder, diretor, roteirista e protagonista de "Old Fashioned".

A distribuidora também lançou outro filme cristão, o qual surpreendeu nas bilheterias dos EUA: "God's Not Dead" ("Deus Não Está Morto"). US$ 60 milhões foram arrecadados (tendo custado apenas US$ 2 milhões).

Segundo o diretor de "Old Fashioned", a intenção é contar uma história de amor que valorize o cuidado de Deus.

"Eu quero contar uma história de amor que leva a ideia de romance Divino à sério. Estrear no mesmo final de semana de Cinquenta Tons de Cinza será definitivamente uma luta de Davi contra Golias. Eles terão mais salas, mais dinheiro, mais campanhas publicitárias... Mas nós estamos esperançosos de que não estamos sozinhos em nossa crença de que há pessoas que desejam mais do amor - e do cinema - do que objetificação e dominação", afirmou o cineasta.

O diretor, roteirista e ator vai interpretar um ex-bon vivant em busca de um relacionamento sério que conhece uma mulher "de espírito livre" e se apaixona por ela, que será interpretada por Elizabeth Ann Roberts.

Para o Brasil, o filme ainda não tem previsão de chegada.

Com informações de AdoroCinema.com

veja também