Filme "Quarto de Guerra" mostra como a oração pode combater o divórcio

Em dezembro, o filme chega às telonas para incentivar as famílias a usar a oração ao seu favor.

fonte: Guiame

Atualizado: Segunda-feira, 23 Novembro de 2015 as 3:12

Filme "Quarto de Guerra" mostra como a oração pode combater o divórcio. (Foto: Divulgação)
Filme "Quarto de Guerra" mostra como a oração pode combater o divórcio. (Foto: Divulgação)

O filme "Quarto de Guerra", que será estreado no dia 3 de dezembro nos cinemas de todo o País, promete oferecer ao público não apenas um momento de entretenimento, mas uma mensagem de restauração familiar.

O filme dos irmãos Kendrick aponta a oração como um caminho para o superar as crises matrimoniais e evitar o divórcio — uma crescente realidade na sociedade brasileira.

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontou no CENSO 2010 que a taxa geral de divórcios no Brasil atingiu o seu maior índice em 26 anos: 1,8 por mil habitantes.

Além disso, o cruzamento entre dados de estado conjugal e religião, realizado pelo NEPO (Núcleo de Estudos de População), da Unicamp, apontou que a fé não impede a dissolução conjugal, pois 83,1% dos casos são entre pessoas que se denominam cristãos.

De acordo com a pastora Elizete Malafaia, líder do departamento de Mulheres Vitoriosas na Assembleia de Deus Vitória em Cristo, o número de divórcios tem aumentado justamente porque as pessoas ainda não entenderam que o inimigo não é o cônjuge, mas satanás.

"Ele está apenas sendo um canal de satanás nesta Terra quando mente, trai ou provoca qualquer tipo de confusão, através das brechas que abre em sua vida”, explica.

Para o pastor Salomão Santos, do Ministério Amo Família e autor do livro “Como Salvar seu Casamento Sozinha”, a principal razão é a banalização e a relativização das escrituras e, consequentemente, do casamento.

"Frases como 'Deus quer que eu seja feliz', 'não amo mais a minha mulher' e 'acho que casei errado' parecem ter sido tiradas de uma 'nova bíblia'. Vivemos uma crise de integridade e de ética”, disse.

Segundo a coordenadora regional no Sudeste do Ministério Desperta Débora, Maria José Vieira, “a oração estreita os laços nos relacionamentos, quebrando as diferenças pessoais. E também promove a paz e a harmonia no ambiente familiar”.

O longa Quarto de Guerra apresenta a história de um casal com problemas conjugais, até que a esposa decide usar a oração para combater essa batalha. Em dezembro, o filme chega às telonas para incentivar as famílias a usar a oração ao seu favor.

Se programe para o dia 3 de dezembro, conferindo os locais de exibição do filme aqui.

veja também