Franklin Graham responde ataque no Texas: ‘O deus do islã não é o Deus da Bíblia’

"O deus do Islã quer que você morra por ele. O Deus da Bíblia enviou Seu Filho para morrer por nós", diferencia.

fonte: Guiame, com informações de WND

Atualizado: Quarta-feira, 6 Maio de 2015 as 8:01

Franklin Graham, um dos evangelistas mais conhecidos do mundo.
Franklin Graham, um dos evangelistas mais conhecidos do mundo.

 

Franklin Graham, um dos evangelistas mais conhecidos do mundo e líder da ONG Bolsa do Samaritano, afirmou nas redes sociais que o deus do islamismo não é o "Deus da Bíblia".

As declarações foram feitas em resposta aos ataques durante um concurso de caricaturas de Maomé realizado em Garland, no Texas (EUA), que resultaram em um guarda ferido e os dois homens armados mortos – um muçulmano e seu companheiro de quarto.

"Um dos pistoleiros muçulmanos em Garland, Texas, disse que foi ali para morrer, acreditando que isso agrada a Deus, e ele iria para o céu", escreveu Graham. "O deus do Islã e o Deus da Bíblia não são os mesmos."

"O deus do Islã quer que você morra por ele. O Deus da Bíblia enviou Seu Filho para morrer por nós", diferencia.

Em seguida, Graham, escreveu: "Jesus disse: 'Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim’. Somente se pusermos a nossa fé e confiança Nele, podemos passar a eternidade no céu. Desejo que todos os muçulmanos saibam a verdade. Eles podem encontrar o que seus corações estão procurando somente através de Jesus Cristo."

Graham disse em entrevistas anteriores que seu desejo é que muçulmanos ouçam a novidade que "Deus os ama e irá aceitá-los por meio da fé e através de seu filho, Jesus Cristo."

veja também