Garoto de 12 anos evangeliza dentista e ela se converte a Jesus

Leda é uma profissional reconhecida na capital catarinense. Mas apesar de seu grande êxito, ela sentia que faltava algo. Depois de ter orado para Deus, ela recebeu a visita de Bruno, um garoto comunicativo que lhe falou sobre Jesus.

fonte: Guiame, com informações do site Notícias Adventistas

Atualizado: Segunda-feira, 18 Julho de 2016 as 3:23

"Me sentia morta neste mundo vazio. Queria que Deus me mostrasse no que acreditar", disse Leda. (Foto: ASN).
"Me sentia morta neste mundo vazio. Queria que Deus me mostrasse no que acreditar", disse Leda. (Foto: ASN).

A dentista de Florianópolis, Leda Sabarros Coelho, recebeu em seu consultório uma garotinha de 9 anos. Isabelli Kuntze entra no consultório para iniciar um tratamento dentário. Ela está acompanhada de seu irmão, Bruno Kuntze, de 12 anos. Ele é o próximo paciente a ser atendido. Enquanto espera por sua irmã, o garoto começa a falar sobre o capítulo 13 de Apocalipse, mesmo sem conhecer Leda.

A dentista lembra de como ela ficou impressionada com a inteligência de Bruno. “Eu fiquei surpresa com tamanho conhecimento daquele menino. Ele falava com convicção e citava vários textos bíblicos. Me admirava sua crença no que falava. Como ele podia saber tanto?”, disse.

Leda é uma profissional reconhecida na capital catarinense. Mas apesar de seu grande êxito, ela sentia que faltava algo. “No dia 31 de janeiro deste ano eu pedi a Deus um sinal. Me sentia morta neste mundo vazio. Queria que Deus me mostrasse no que acreditar”, relatou.

Algum tempo depois, enquanto ela aguardava essa resposta de Deus, os irmãos Kuntze entraram por sua porta. Apesar de Isabelli ser bastante tímida e quieta, Bruno é bem comunicativo. Durante uma entrevista para o site Notícias Adventistas, o garoto emendava um assunto atrás do outro e em sua maioria, temas bíblicos.

“Ele é o tipo nerd. Gosta de games, jogos de mesa, livros e curiosidades, principalmente sobre engenharia. Acho que será um engenheiro como o seu pai”, ressalta sua mãe, Karen Kuntze. Com o passar do tempo, o adolescente que sentava na mesma cadeira para a sua consulta semanal, falava mais e mais sobre questões bíblicas.

A dentista Leda Coelho foi batizada no dia 25 de junho deste ano. (Foto: ASN).

“Quando o assunto era complexo, eu pedia para ele me mostrar como eu podia encontrar aquela resposta na Bíblia. Isso me motivou a comprar uma Bíblia pessoal para compreender melhor o que o Bruno me falava”, conta a dentista. Um mês depois, ela visitou a Igreja Adventista pela primeira vez e iniciou um estudo bíblico.

“A doutora Leda veio sedenta em saber mais sobre as verdades recém descobertas. Sua vontade era tanta que ela me pediu para dar três estudos por semana e nos outros dias ela estudava sozinha”, compartilhou o obreiro Orides Amaral que serve na igreja adventista central de Florianópolis.

Leda foi atrás de mais conteúdo e por isso entrou em contato com a TV Novo Tempo para receber mais estudos. “No primeiro dia de consulta, a doutora Leda me perguntou se eu era adventista, já que estava com o uniforme do Colégio Adventista. Foi então que pensei que tinha uma oportunidade de falar de Deus. Iniciei com alguns assuntos um pouco complexos, mas pouco a pouco expliquei sobre o amor de Deus”, ressalta Bruno.

Frutos do Ide

Então, como resultado desse evangelismo, a dentista Leda Coelho foi batizada no dia 25 de junho deste ano. “Valeu a pena ouvir o Bruno naquele dia. O que mais me chamou a atenção nele e em sua irmã foi que, apesar de problemas dentários, eles eram sadios. Tinham um estilo de vida diferente. Escutavam e confiavam nos pais”, conta Leda, que faz um apelo: “Assim como Isaque confiou em seu pai, que os filhos confiem em seus pais. E que esses pais confiem em Deus, fazendo uma rede de confiança”.

veja também