Garoto de seis anos pede para orar com policiais nos EUA e foto comove internautas

A mãe disse que Joshua decidiu que queria dizer um "obrigado". "Ele gosta de orar na igreja, ele é um grande guerreiro de oração", disse.

fonte: Guiame, com informações da Fox News

Atualizado: Quinta-feira, 23 Junho de 2016 as 1:03

Garza disse que, após esta oração na segunda-feira, não havia um olho sem lágrimas na casa. (Foto: Kelly Garza).
Garza disse que, após esta oração na segunda-feira, não havia um olho sem lágrimas na casa. (Foto: Kelly Garza).

Uma criança de apenas seis anos em St. Petersburg estava lanchando com sua mãe. Logo após a refeição, ele chamou sua mãe e os policiais que estavam no estabelecimento para um momento de oração.

Kelly Garza disse que ela e seu filho, Joshua, tinham acabado de chegar da aula de natação e foram tomar o café da manhã no lugar favorito do pequeno garoto, o “Bob Evans”, na última segunda-feira (20). Foi ai que ele viu o gerente do restaurante apertar a mão de um oficial e lhe agradeceu pelo seu serviço.

Depois disso, Garza disse que Joshua decidiu que queria dizer um "obrigado". "Ele gosta de orar na igreja, ele é um grande guerreiro de oração", disse sua mãe.

Então, quando os policiais se levantaram para sair, Joshua perguntou a eles se podia orar pela segurança dos oficiais. Sua mãe disse que os policiais tinham acabado de terminar suas refeições e de ter dado graças (agradecido) pelo alimento.

Mesmo assim, Joshua se aproximou deles para fazer a oração. Ela tirou uma foto dele sentado à mesa com os policiais, de mãos dadas, com suas cabeças inclinadas em oração.

Ela deu um passo para trás, se afastando um pouco para não interferir e o ouviu terminar a oração com: "E por favor, nos ajude a vivermos uma boa vida. Amém".

Embora o garotinho tenha apenas seis anos, Garza disse que ele teve um momento complicado depois de saber do tiroteio em Orlando. Joshua orou pela causa em sua igreja, onde oraram pelas famílias das vítimas. "Ele sabe o que está acontecendo no mundo, e ele não gosta disso", disse a mãe.

Garza disse que, após esta oração na segunda-feira, não havia um olho sem lágrimas na casa.

veja também