Garoto pede ao 'Papai Noel' para orar por bebê doente e emociona nas redes sociais

A imagem do pequeno Prestyn Barnette tem emocionado milhares de internautas nas redes sociais e mobilizou a mídia (emissoras e sites) a divulgar o caso do pequeno Knox, que está internado no Hospital Infantil de Sunrise, em Las Vegas.

fonte: Guiame, com informações do Today.com

Atualizado: Quarta-feira, 23 Dezembro de 2015 as 11:17

Todos os anos, milhares de crianças costumam ir aos Shoppings e pedir ao Papai Noel para ganhar brinquedos e jogos, mas o pequeno Prestyn Barnette, de apenas 4 anos de idade, esperava que o bom velinho pudesse ajuda-lo em uma missão que tem um objetivo mais profundo.

A tia do garoto, Rebekah Sharpe, postou uma foto em seu perfil do Instagram, no último domingo, na qual aparece o menino abaixando a cabeça e ajoelhando-se ao lado de um homem vestido de Papai Noel, no Shopping 'Dutch Square Mall', em Columbia, Carolina do Sul (EUA). Sharpe disse que o garoto se poderia pedir ao Papai Noel para orar pela saúde de um bebê de apenas 2 meses de vida, chamado Knox Stine, que está internado no hospital infantil de Sunrise, em Las Vegas.

Poucas horas depois de sua postagem, a foto de Sharpe de Genuflect de Presytn aqueceu corações e motivou ações de usuários das mídias sociais. "É incrível ver a resposta", disse Sharpe ao site 'TODAY.com', via e-mail na terça-feira (15). "Foi completamente inesperado. E é uma bênção ver tantas pessoas orando pelo bebê Knox!".

De acordo com a afiliada da NBC News, em Columbia, Carolina do Sul, Prestyn também pediu de presente, um conjunto de trem, mas soube da internação do pequeno Knox, através de sua avó, que faz parte de um grupo de oração no Facebook.

A mãe de Knox, Mindi Stine, disse ao 'TODAY.com' na semana passada, que ela e seu marido, Carl, ficaram comovidos pelo gesto de Presytn, desde que viram a foto de Sharpe, publicada em sua página do Facebook, criada para Knox.

"Eu nunca os conheci pessoalmente", disse Mindi. "Eu não os conheço. Eu não sei como eles sabem de nós ou ouviram falar de nós ou qualquer coisa, mas eu reconheci seus nomes, e eu sabia que eles tinham dito que estavam orando pelo nosso bebê, e para que um milagre aconteça. Eu mostrei a foto ao meu marido e nós dois apenas sorrimos um para o outro, como se disséssemos 'Algo incrível está acontecendo'. Isto foi simplesmente maravilhoso".

Família Stine com seus quatro filhos, incluindo o caçula Knox, de apenas 2 meses de vida. (Foto: Arquivo Pessoal)

Mindi disse que em 30 de novembro, seu marido Carl encontrado Knox inconsciente e sem respirar. Após conseguir 'ressuscitar' o garoto recém-nascido procedimentos de emergência - com a ajuda de um atendente do 911 - o pai levou o bebê ao Hospital Ifantil Sunrise, em Las Vegas, onde eles permanecem desde então, para monitorar a saúde de seu quarto filho.

Apesar de ser "declarado clinicamente morto" no primeiro exame, Knox tem lutado para se manter vivo, segundo sua mãe.
"Quando [os médicos] removeram o 'suporte de vida', e estavam apenas olhando para ele, ele começou a respirar por conta própria", disse ela. A respiração, no entanto, não era "de sustentação da vida" ou consistente, ela disse, desta forma, a família continua a esperar por um milagre.

"Nesse ponto, eles nos disseram que temos duas opções: Podemos tirá-lo do suporte de vida e deixar a natureza seguir seu curso ou poderíamos escolher ajudá-lo", acrescentou Mindi. "Orei depois, pedindo por sabedoria, e procuramos respostas por meio das escrituras em nossa Bíblia. Sabíamos que Deus queria que nós a escolhêssemos a vida para Knox e ir para a frente com a cirurgia".

Como forma de agradecimento ao pequeno Prestyn por ter orado pelo seu filho, o pai de Knox comprou-lhe o presente que que o garoto de quatro anos tinha pedido de presente de natal ao Papai Noel: um trenzinho a pilha.

veja também