Globo exibirá 1ª cena de sexo gay na TV brasileira; o que a Bíblia diz sobre isso?

A divulgação da notícia tem gerado incômodo em muitos usuários das mídias sociais. Mas qual deveria ser a atitude do cristão diante disso: conformidade por saber que isto já estava previsto na Biblia ou indignação?

fonte: Guiame, com informações do O Povo

Atualizado: Quinta-feira, 23 Junho de 2016 as 1:50

Escrita por Mario Teixeira, a cena foi liberada pela direção da Globo e deve ir ao ar pela novela "Liberdade, Liberdade". (Imagem: IG)
Escrita por Mario Teixeira, a cena foi liberada pela direção da Globo e deve ir ao ar pela novela "Liberdade, Liberdade". (Imagem: IG)

 

Nos próximos dias, a rede Globo pretende exibir a primeira cena de sexo gay em novelas da TV brasileira. Escrita por Mario Teixeira, a cena foi liberada pela direção da Globo e deve ir ao ar pela novela "Liberdade, Liberdade".

A divulgação da notícia tem gerado incômodo em muitos usuários das mídias sociais, que tem expressado seu posicionamento em comentários, como no Facebook.

"Eu fico incomodada da mesma forma que me incomoda as cenas de sexo explícito de casais héteros já exibidas pelo canal. Mas enfim, assiste quem quer!!! (Pq eu já não assisto nada nesse canal há muito tempo mesmo...)", comentou uma usuária da mídia social.

"Obrigado meu Deus por me dar condições de poder pagar uma tv por assinatura e bloquear essa emissora de b**** na minha casa", comentou outro do Facebook.

Outro internauta argumentou que o problema não está somente na questão da cena entre homossexuais, mas sim de uma cena de sexo ser inapropriada por si só para a TV aberta.

"Nada contra sem preconceito mas acredito que cenas de sexo não deveriam existir em canal aberto seja entre homem mulher. Mulher com mulher. O homem com homem essa ea tv brasileira. Que vergonhoso", comentou.


Histórico
Essa já não é a primeira vez que a emissora tenta promover a homossexualidade em suas novelas. Em janeiro de 2014, a Globo chocou muitos espectadores e famílias brasileiras, ao exibir o primeiro beijo gay de sua história, em rede nacional.

A cena protagonizada pelos atores Thiago Fragoso e Mateus Solano no último capítulo da novela "Amor à Vida" gerou polêmica e muitos debates, entre o apoio da comunidade LGBT e os protestos de muitos defensores dos Direitos da Família.

A grande repercussão da cena parece ter estimulado outros diretores de novelas da Globo, o que levou duas veteranas como Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg a protagonizarem o primeiro beijo lésbico da TV brasileira logo no início da trama "Babilônia".

Diferente do esperado, a cena gerou mais atos repúdio que de aprovação e a audiência da novela foi um dos maiores fracassos da rede Globo.


Alerta
O momento que não apenas a mídia, mas também a sociedade brasileira estão vivendo, diante da frequente promoção da homossexualidade e até mesmo da negação da heteronormatividade já foi registrado em outros contextos da história e pode ser visto e também interpretado a luz de textos bíblicos.

Como já é do conhecimento de muitos, um dois versos nos quais a homossexualidade é condenada como pecado pela Bíblia estão já no Antigo Testamento:

“Com varão te não deitarás, como se fosse mulher; abominação é” (Lv 18.22) e “Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue é sobre eles”. (Lv 20.13)

Porém no capítulo 4 da carta de Paulo ao seu discípulo Timóteo, o apóstolo alerta sobre o contexto de distorção dos valores que só tenderia a crescer cada vez mais e encoraja o jovem a continuar com a pregação do Evangelho, ainda que esta não seja uma missão fácil.

"Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina". (2 Timóteo 4:2)

"Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, sentindo coceira nos ouvidos, segundo os seus próprios desejos juntarão mestres para si mesmos. Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos". (2 Timóteo 4:3,4)

Paulo ainda aconselha que a atitude do cristão - do pregador do evangelho - diante desta situação seja de serenidade e sobriedade.

"Você, porém, seja sóbrio em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério" (2 Timóteo 4:5)

veja também