Governo de Alagoas decreta luto de três dias em homenagem a pastor Zé Neco

Na noite de quinta-feira (23), o pastor tinha se submetido a uma cirurgia. Após uma fase de tratamento, o pastor José Neco não resistiu, devido a uma falência múltipla dos órgãos, causada por disfunções hepáticas, segundo informa o portal AD Alagoas.

fonte: Guiame, com informações de Tribuna Hoje

Atualizado: Segunda-feira, 27 Julho de 2015 as 9:32

 



O governador Renan Filho (PMDB) utilizou as redes sociais para anunciar luto de três dias em homenagem ao pastor José Antonio dos Santos, também conhecido como Zé Neco, da Igreja Assembleia de Deus em Alagoas. O pastor de 83 anos faleceu na manhã desta sexta-feira (24), em São Paulo.

Na noite de quinta-feira (23), o pastor tinha se submetido a uma cirurgia. Após uma fase de tratamento, no Hospital Santa Paula, na região de Santo Amaro, em São Paulo, o pastor José Neco não resistiu, devido a uma falência múltipla dos órgãos, causada por disfunções hepáticas, segundo informa o portal AD Alagoas.

Além de presidir a AD no Estado, o pastor Zé Neco também foi líder da Umadene, conferencista internacional e pai do ex-deputado estadual Jota Cavalcante.

"Manifesto meus sinceros sentimentos pela morte do pastor José Antônio dos Santos, nosso querido amigo Pastor Zé Neco, presidente da Assembleia de Deus em Alagoas. No início de sua missão, ele foi pastor em Murici, fato que sempre estreitou nossa relação. Alagoas perde um grande homem! Desejo força a família nessa hora tão difícil. Comunico aos alagoanos que decretarei luto oficial por três dias", disse o governador em nota.

veja também