Governo indiano convoca policiais para protegerem igrejas de novos ataques

O ministro Júnior Haribhai Chaudhary disse que uma equipe de polícia extra foi convocada para proteger 240 igrejas na capital.

fonte: Guiame, com informações de Huffington Post

Atualizado: Quinta-feira, 26 Fevereiro de 2015 as 5:05

mais de 350 manifestantes cristãos foram presos na capital indiana,  por protestarem por uma melhor proteção do governo após uma série de ataques a igrejas.
mais de 350 manifestantes cristãos foram presos na capital indiana, por protestarem por uma melhor proteção do governo após uma série de ataques a igrejas.

 

O governo indiano disse, nesta quarta-feira (25), que reforçou a segurança em torno de centenas de igrejas em Nova Deli, capital da Índia, após uma série de ataques contra instituições cristãs. 

O ministro Júnior Haribhai Chaudhary disse que uma equipe de polícia extra foi convocada para proteger 240 igrejas na capital, e que as câmeras de vigilância foram instaladas em torno de todos os centros religiosos.

Desde dezembro, 5 igrejas na capital relataram incidentes de incêndios e roubos. O primeiro-ministro, o hinduísta Narendra Modi, prometeu no início do mês proteger todos os grupos religiosos, em um evento organizado pela comunidade católica.

Dias antes, mais de 350 manifestantes cristãos foram presos na capital indiana,  por protestarem por uma melhor proteção do governo após uma série de ataques a igrejas.

Depois que Modi chegou ao poder ano passado, campanhas de grupos conservadores para converter muçulmanos e cristãos ao hinduísmo, assim como atos de vandalismo e roubo em igrejas, tem indignado as minorias cristãs.

Cerca de um quinto da população da Índia se identificam como pertencentes a outras religiões, que não é o hinduísmo. 

 

 

 

veja também