Grávida faz parto em coma e conhece filho após três meses: "Sua vida é um milagre"

Com quase seis meses de gravidez, Amelia sofreu um acidente de carro e entrou em coma. Ao acordar, ela viu seu filho com três meses de idade e se surpreendeu.

fonte: Guiame, com informações do Gospel Herald

Atualizado: Terça-feira, 2 Maio de 2017 as 10:32

Após quatro meses em coma, Amelia finalmente acordou e está em fase de recuperação. (Foto: Reprodução).
Após quatro meses em coma, Amelia finalmente acordou e está em fase de recuperação. (Foto: Reprodução).

Enquanto a argentina Amelia Bannan está em fase de recuperação, os médicos que participaram de seu acompanhamento estão celebrando sua volta a vida e chamando isso de um verdadeiro milagre de Deus. A mulher, cujo bebê foi entregue quando ela estava em coma, acordou e segurou seu filho de três meses pela primeira vez.

A Fox News compartilhou a história da policial que estava com quase seis meses de gravidez quando um carro que estava sendo dirigido por seu parceiro de trabalho saiu da estrada. Enquanto os outros quatro oficiais do carro saíram sem nenhum ferimento, Amélia ficou com uma fratura no crânio, o que resultou em um coágulo de sangue em seu cérebro.

Quando ela estava em coma, na  cama do hospital, Amelia, que têm 34 anos, deu à luz um bebê saudável, justamente no dia de Natal. O garotinho ganhou um lindo nome: Santino.

Nos meses seguintes, a irmã de Amelia, Norma, "cuidou de Santino, e todos os dias às 18 horas, ela levava o bebê para Amélia", disse seu irmão César. Sua família também a visitava todos os dias, conversando com ela e dando-lhe tempo com seu filhinho.

Volta à vida

Durante a primeira parte de 2017, Amelia chegou a fazer sinais de acordar. Quatro meses depois, ela saiu lentamente do coma: "Naquele dia ouvimos no silêncio, enquanto estávamos dando uma garrafa a Santino, ouvimos uma voz baixa. Ouvimos: 'sim', 'sim'", lembrou Cesar.

"Para entender se ela estava me ouvindo, eu disse a ela: 'Amélia, se você me entende, estenda sua língua'. E ela estendeu a língua”. Ele acrescentou: "Foi uma revolução total, Norma estava bem perto de Amélia, abraçou-a e chorou lágrimas de alegria. Sua vida revolucionou nossos corações", ressaltou.

Quando Amelia recuperou a consciência, sua irmã trouxe Santino para ela. No início, ela pensou que o bebê era seu sobrinho e ficou chocada quando sua família lhe contou a feliz notícia.

A jovem mãe começou a lembrar do que aconteceu com ela. A princípio, falando de maneira confusa, ela finalmente começou a entender, segundo seu irmão. "Os médicos disseram que Amelia desafiou toda lógica científica, que seu caso é realmente um milagre", disse César, que também é policial.

Recuperação

Amelia está melhorando rapidamente e já está recuperando a capacidade de andar: "No começo ela dizia apenas 'sim' e 'não'. Mas agora ela está conseguindo responder a perguntas e entender comandos", disse seu médico ao El Pais.

O neurocirurgião Marcelo Ferreira, que está tratando dela, disse que Amelia continua a surpreendê-lo e expressou a esperança de que ela será capaz de assistir seu filho crescer até a idade adulta.

"Amélia é jovem, e apesar da lesão cerebral traumática que ela sofreu, ela está nos surpreendendo", disse ele. "Ela ainda tem muito para dar, e precisa de tempo, e todo mundo precisa ser paciente". Ele acrescentou: "Esperamos que em algum momento, vamos ser capazes de vê-la andando segurando a mão do seu filho", finalizou.

veja também