Hernandes Dias Lopes: "O deserto não é um acidente de percurso e sim a escola de Deus"

O pastor e escritor Hernandes Dias Lopes destacou que os cristãos devem ver o tempo de provações como uma oportunidade de crescimento espiritual.

fonte: Guiame

Atualizado: Terça-feira, 20 Junho de 2017 as 11:29

Hernandes Dias Lopes. (Foto: MC Apologético)
Hernandes Dias Lopes. (Foto: MC Apologético)

Geralmente os períodos de dificuldades - comumente chamados por cristãos como "deserto" - podem ser acompanhados de questionamentos e até mesmo muitas reclamações a Deus. Porém o pastor Hernandes Dias Lopes lembrou em uma breve publicação recente de sua página do Facebook, que este período deve ser enxergado como um precioso tempo de crescimento.

Em sua breve reflexão, o pastor destacou que o deserto é uma verdadeira escola, na qual grandes líderes da Bíblia foram formados e até mesmo o próprio Jesus passou por momentos marcantes no local tão difamado por muitos.

"Deus treina seus líderes mais importantes na escola do deserto. Moisés, Elias e Paulo foram treinados por Deus no deserto. O próprio Jesus antes de iniciar o seu ministério passou quarenta dias no deserto", destacou.

Rev. Hernandes lembrou que o deserto não deve ser visto como o resultado de um desvio na caminhada cristã, mas sim algo que já estava nos planos de Deus para cada um.

"O deserto não é um acidente de percurso, mas uma agenda de Deus, a escola de Deus. No deserto, Deus trabalha em nós antes de trabalhar através de nós, provando que ele está mais interessado em nossa vida do que em nosso trabalho. Nossa maior prioridade não é fazer a obra de Deus, mas ter intimidade com o Deus da obra", lembrou.

O teólogo também explicou que o tempo que vem após o difícil período do deserto é recompensador e gratificante na vida do cristão.

"Quando Deus nos leva para o deserto é para nos equipar e depois nos usar com graça e poder em sua obra. Ele os treina na escola do deserto e depois os usa com grande poder na sua obra", escreveu.

"Não precisamos ter medo do deserto, se aquele que nos leva para essa escola está no comando desse treinamento. O programa do deserto é intenso. O curso é muito puxado. Mas, aqueles que se graduam nessa escola são instrumentalizados e grandemente usados por Deus!", finalizou.

 

veja também